Guia de uso do português: confrontando regras e usos

Capa
Editora UNESP, 2003 - 829 páginas
Organizado a partir de um estudo exaustivo dos usos vigentes no português contemporâneo do Brasil, informa como são usadas pelos falantes as formas da língua portuguesa. Rejeita a prescrição cega e também o vale-tudo, deixando a escolha para a consciência do leitor. Esta obra dirige-se a qualquer pessoa - estudante, profissional ou simples falante da língua portuguesa - que, em algum momento de desempenho linguístico, sinta algum tipo de dificuldade na formulação de seu enunciado. Organizada a partir do exame de livros, jornais, revistas e peças teatrais contemporâneos, ela informa como está sendo usada a língua e, quando oportuno, as prescrições que a tradição vem repetindo. Partindo do princípio de que o uso pode contrariar a norma, e o falante tem liberdade de escolha, o livro lhe dá a conhecer os dois lados da questão: o modo como os manuais normativos dizem que "deve ser" o uso, e o modo como, realmente, ele "é".

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Procura do Utilizador - Denunciar como inapropriado

n gostei sim sou um hater

Procura do Utilizador - Denunciar como inapropriado

Ó saber vem do aprender, atrves de leituras de livros desde que elas despertam o nosso interece. espero que este livro tenha conteodos crediveis.

Informação bibliográfica