Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Sabe que quantas naus esta viagem Que tu fazes, fizerem, de atrevidas, Inimiga terão esta paragem, Com ventos e tormentas desmedidas! E da primeira armada que passagem Fizer por estas ondas insofridas, Eu farei de improviso tal castigo Que seja mor o... "
Parnaso Lusitano: ou, Poesias selectas dos auctores portuguezes antigos e ... - Página 32
1826
Visualização integral - Acerca deste livro

A New Portuguese Grammar in Four Parts ...

Antonio Vieyra - 1811 - 389 páginas
...guerra. Sabe que quantas náos esta viagem» Que tu fazes, fizerem de atrevidas, Inimiga teráo esta paragem Com ventos, e tormentas desmedidas. E da primeira armada, que passagem Fizer por estas ondas inspffridas, Eu farei de improviso tal castigo, Que seja mor o damno que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras do grande Luis de Camões ..., Volume 1

Luís de Camões - 1815
...X Liii. Sabe, que quantas naos esta viagem, Que tu fazes, fizerem de atrevidas, Inimiga teraõ esta paragem Com ventos, e tormentas desmedidas. E da primeira armada, que passagem Fizer por estas ondas insoffridas, Eu farei de improviso tal castigo, Que seja mór o damno, que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras do grande Luis de Camões ..., Volume 1

Luís de Camões - 1815 - 388 páginas
...ii i. Sabe , que quantas naos esta viagem , Que tu fazes, fizerem de atrevidas, Inimiga teraõ esta paragem Com ventos, e tormentas desmedidas. E da primeira armada , que passagem Fizer por estas ondas insofíridas , Eu farei de improviso tal castigo , Que seja mór o dam no, que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1818
...guerra. Sabe , que quantas naos esta viagem , Que tu fazes , fizerem de atrevidas , Inimiga teraõ esta paragem Com ventos , e tormentas desmedidas. ,E da primeira armada , que passagem Fizer por estas ondas insoffridas , Eu farei de improviso tal castigo , Que seja mor o damno , que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico

Luís de Camões - 1819 - 420 páginas
...guerra. XLIII. Sabe que quantas naos esta viagem Que tu fazes, fizerem de atrevidas, Inimiga terão esta paragem, Com ventos , e tormentas desmedidas : E da primeira armada, que passagem Fizer por estas ondas insoffridas , Eu farei d' improviso tal castigo, Que seja mor o damno, que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...guerra. XLIII. Sabe que quantas nãos esta viagem Que tu fazes, fizerem de atrevidas. Inimiga terão esta paragem Com ventos e tormentas desmedidas. E da primeira armada, que passagem Fizer por estas ondas iusoffridas, Eu farei d' improviso tal castigo, Que seja mor o damno, que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843 - 454 páginas
...XLIII. Sabe <(IK; quantas naos esta viagem Que tu fazes, fizerem de atrevidas, Inimiga terão esta paragem Com ventos e tormentas desmedidas. E da primeira armada, que passagem Fizer por estas ondas insoffridas, Eu farei d' improviso tal castigo, Que seja mor o damno, que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas poema epico de Luis de Camões: restituido a' sua primitiva ...

Luís de Camões - 1846 - 634 páginas
...guerra. « Sabe que quantas naus esta viagem, Que tu fazes , fizerem de atrevidas, lnimiga terão esta paragem Com ventos , e tormentas desmedidas. E da...primeira armada , que passagem Fizer per estas ondas insofridas , Eu farei d' improviso tal castigo, Que seja mor o damno , que o perigo. XLIV. « Aqui...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões

Luís de Camões - 1847 - 415 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Ensaio biographico-critico sobre os melhores poetas portuguezes, Volumes 3-4

José Maria da Costa e Silva - 1851 - 682 páginas
...guerra. " Sabe que quantas Naus esta viagem, « Que tu fazes, íizerem de atrevidas, " Inimiga terao esta paragem « Com Ventos, e tormentas desmedidas, " E da primeira Armada, que passagem «Fizer por estas ondas insoffridas « Eu fareí de improviso tal castigo » Que seja mor o damno, que o perigo....
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF