Imagens das páginas
PDF
ePub
[graphic][merged small]

Autor do estudo historico sobre a personalidade do < Capitão Jacques Felix por nós reproduzido.

Estampando o seu retrato nesta pagina prestamos a nais justa das homenagens do distincto amigo e illustre historiographo.

Taubaté (Taubaté ainda éra villa nesse tempo) uma fundição para onde os mineiros deveriam ievar todo o ouro que colhessem, afim de ser fundido á custa do Estado, que devia perceber o quinto do dito metal.

A criação de fundição de ouro em Taubaté por confirmação do Governo da metropole, revelou a importancia que mereceram os taubateanos daquelle tempo pela sua lealdade, honradez e probidade. Na carta de provisão crêando a a casa de fundição de ouro em Taubaté, declarava-se « que éra esta a recompensa e homenagem dada á patria dos intrepidos e distinctos descobridores de tão precioso metal ». (Vide Carlos Pedroso da Silveira, « Relação dos Governadores da Capitania de Itanhaen » ).

D

Afin de melhor elucidar a parte historica que nesta ligeira noticia damos sobre a fundação da importante villa de São Francisco das Chagas de Taubaté, vamos transcrever, neste capitulo, o resultado de uma paciente pesquiza feita ultimamente nos velhos archivos dessa hoje cidade de Taubaté, pelo nosso amigo e consocio Dr. Gentil de Moura. Esse interessante estudo historico já foi publicado no jornal ―0 Norte -- de Taubaté, e o seu illustrado auctor concedeunos a devida auctorisação para o transcrevermos pela seguinte carta: «Am. B. Calixto. Pedes-me auctorização para transcrever no teu trabalho sobre a Capitania de Itanhaen o estudo sobre Jacques Felix que publiquei no Norte de Taubaté. Esse teu pedido é uma distincção que me conferes e uma honra que me exa'ta e que sómente gratidão póde importar ao - Todo teu-Gentil de Moura. Kio, 28 de Agosto de 1917 ».

O CAPITÃO JACQUES FELIX

Os historiadores que se têm occupado da fundação de Taubaté, referindo-se a Jacques Felix, não gastam a seu respeito sinão algumas linhas cuja summula é a fundação do povoado em 1636. a mandado da condessa de Vimieiro e para onde elle passou sua familia e escravos.

Entretanto, quer pelo que se vê em documentos do seculo XVII publicados no vol. XIV pag. 17 da Rev. do Instituto Historico de S. Paulo e Actas da Camara daquella cidade, quer pelo que se observa nos inventarios de Orphams de

1650 a 1712 e livros de notas de 1658 a 1671, existentes nos dois cartorios civeis desta cidade, ha certa abundancia de informes que poderiam melhor conduzir esses escriptores para descripção da vida do fundador de Taubaté.

Por esses documentos verifica-se que Jacqnes Felix fôra official da Camara de S. Paulo em mais de um triennio, era casado com Francisca Marzilha de cujo consorcio houve quatro filhos (que descobrimos): Domingos Dias Felix, Belchior

Felix, Jacques Felix, o moço. e Catharina Dias Felix e quefora morador na estrada de Santos a S. Paulo, no local hojedenominado Pouso Alto e na sesmaria primitivamente concedida a Bartholomeu Carrasco ou mestre Bartholomeu, como era mais conhecido.

E' de presumir, porém, que não gozasse de grande prosperidade nesse sitio, porque as terras eram de todo imprestaveis a qualquer cultura. Sobre ser uma região de serra com contra fortes escarpados e valles apertados, coberta de mattas, onde a chuva é contínua, a humidade abundante e o céu sempre encoberto pcr denso nevoeiro, tinha ainda contra si a pessima qualidade do solo e o facto de já ter sido trabalhado ha cerca de cincoenta annos pelos antigos moradores de S. André cujo extincto povoado ficava perto.

Nesse sitio devia ter reunido as differentes peças do gentio da terra, os indios carijós que, segundo alguns historiadores, Jacques Felix possuia em abundancia e donde depois de desanimado com a esterilidade das terras resolveu sahir

para tentar fortuna em outro logar. Nessa situação, pediu e obteve, em 1628, do Capitão mór da Capitania de S. Vicente, João de Moura Fogaça, (*) procurador da condessa de Vimieiro, donataria da Capitania, que concedesse a si e aos seus filhos Domingos Dias Felix e Belchior Felix, meia legua de terras a cada um a começar em Pindamonhangaba e a terminar em Tremembé, no rio Parabyba, na tapera do gentio e com fundos na extensão de meia legua.

Essa sesmaria, que foi assignada em Angra dos Reis, a 21 de novembro de 1628, pelo procurador da condessa de Vimieiro, consta do livro de notas de 1669 a 1671, ultimas paginas e existente no 1.° officio desta cidade. Do livroexiste um fragmento em relativo estado de conservação.

Essa concessão deve ter sido a primeira que foi feita em terra taubateana e pelo seu interesse historico a reproduzimos no final deste estudo.

Na sesmaria de Teremembé, parece, deixou-se ficar Jacques Felix e seus filhos cerca de doze annos cultivando a terra e beneficiando sua fazenda, até que em 1636 foi encarregado -- pelos procuradores da condessa -- de escolher logar e fazer a demarcação da cidade onde ella hoje se assenta.

E' tambem possivel que para refazer-se dos indios carijós que fallecessem ou lhe faltassem para o amanho das terras, tivesse organizado bandeiras ou melhor dito, partida em monsões ou armações para o sertão dos Guarulhos que fronteavam Pindamonhangaba atraz da serra da Mantiqueira, dos Caethés que habitavam o valle do Sapucahy, dos Puris, fronteiros a Biratinguetá e de lá tivesse descido as peças gentio ou faligos de que necessitasse para seu serviço.

do

(*) Ver a nota no fim deste capitulo.

Nessa fazenda, si os negocios não lhe correram prosperos não devia comtudo ter tido as decepções que o acabrunharam no sitio do Pouso Alto. O campo éra mais vasto, a terra mais productiva, as estações melhor definidas e com estes elementos e com o pessoal que não lhe faltava, facil seria prosperar.

A Jacques Felix vieram logo reunir-se os Capitães João do Prado, Monteiro, Manoel da Costa Cabral, Sebastião Gil e seus filhos, Pero, Paschoal, Sebastião, Amaro, Antonio. Manoel Bento e seu geuro Antonio Delgado Escobar, Miguel Luiz, Braz Gonçalves, José de Paris, o padre Miguel Velloso, Manoel Coelho de Souza, João Veiloso, Antonio, Rodrigues, João de Azevedo Coutinho, Antonio Bicudo Leme, Fernão Leme e Braz Esteves Leme, Chrystovam Rodrigues de la Penha, D. Bernardo Sanche de la Pimenta, Domingos Lins Pelladam, Antonio Raposo Barreto, Antonio Gonçalves, Coronel Antonio de Faria Albernaz, e seu filho Salvador Albernaz, Luiz Fernandes, Domingos Dias, João Corrêa, Antonio de Barros Freire, Dyonisio, Gabriel e Miguel de Goes, Manoel Martins Bezerra, Francisco Farel, Domingos Pires Valladão, Sebastião Luiz, Francisco Botelho, João Delgado de Escobar, Manoel de Oliveira Sarmento, Antonio Teixeira Side, Capitão Antonio Vieira da Maia e seus filhos João Vieira da Maia, Henrique e Matheus Vieira da Cunha, Manoel Corrêa de Andrade, Antonio Tenedo, Frei Antonio da Cruz, Rodrigo Gomes, Estevão da Cunha e seu filho Henrique da Cunha Lobo, Antonio Furtado, Baptista Gago, Henrique Nunes, Manoel e Miguel Fernandes Edras, Francisco da Cunha de Oliveira, Padre Pedro Ribeiro do Valle. João Martins, Estevão Raposo Barbosa, Bartholomeu e Antonio da Cunha Gago, Thomé Fortes d'El Rei, Pero de Pontes, Manoel de Oliveira Falcão. Domingos Luiz Leme, Francisco Ribeiro Banhos, Domingos Velho Cabral, Matheus Vaz Porto Alegre, Raphael de Souza Castello Branco, D. Pedro Fernandes Aragones, Jeronyino Galante, João Ribeiro de Lara, Perez de Lima, Antonio Monteiro de Alvarenga, Sebastião Monteiro Pereira, Domingos Alvares Pereira, Domingos Luiz Bicudo, etc. etc., representantes das mais gradas familias paulistas que viuham de Santos, São Paulo e Mogy, fundar fazendas em Guaratinguetá, Pindamonhangaba, Tremembé, Taubaté, Caçapava. (velha) Capivary, ( Jambeiro) e Parahytinga; (Inventario de orphãos de 1650 em deante). São esses povoadores os troncos das principaes familias desta zona.

A' proporção que se operava o expansionismo da região, surgia a necessidade de um povoado que servisse de centro as fazendas que continuamente se formavam. Em 1636, foi Jacques Felix incumbido de fundal-a, o que levou a effeito assentando-a sobre os escombros de uma antiga aldeia do Guayanazes por elle já reduzidos.

Sua orientação sobre este particular revelou um bello descortino e uma intelligencia de destaque.

« AnteriorContinuar »