Imagens das páginas
PDF
ePub

PAG,

[ocr errors]

dação da Academia das Sciencias em 1779.- Acção importante do duque de Lafões n'esta resistencia.- Começa o governo do Principal Mendonça.--Aviso de 22 de dezembro de 1779 sobre livros reprovados e peri. gosos.--Questiunculas mesquinhas na Universidade.- Auto de Fé de Francisco de Mello Franco por Encyclopedista, e de outros estudantes. - As Informações secretas da Universidade em 1782.- Accusam-se as prelecções de Direito publico ecclesiastico por seguirem doutrinas de Febronio.- As exequias do marquez de Pombal por

D. Francisco de Lemos, e Oração funebre por Fr. Joaquim de Santa Clara.— Carta de Ri. beiro dos Santos sobre a morte de Pombal.- Outra sobre a pratica ridicula das Conclusões academicas.— Apparecimento do poema heroi-comico O Reino da Estupidez, representando a Universidade e o seu re. trocesso sob o governo do Principal Mendonça.- A quem se attribue este poema anonymo.— Ribeiro dos Santos descreve as perseguições que lhe fez o Principal Mendonça, e das imputações de ter escripto essa satyra.--Outros poemas em replica ao Reino da Estupidez.- Augmento de substitutos de Theologia.- Começa em 1786 o governo do Principal Castro, que se prolonga até 1799.- É auctorisada a Universidade a imprimir um Corpo de Legislação antiga e moderna.—Planos de reformas dos cursos por Antonio Ribeiro dos Santos e Ricardo Raymundo Nogueira. – Carta ao Principal Castro sobre a composição de Compendios. Os Conegos de Santa Cruz reclamam o privilegio dos cursos da Universidade com obrigação de frequencia.— Transformação da Mesa Censoria. -Restabelecimento da Leitura no Desembargo do Paço para o provimento na magistratura.- Regulamentação da Imprensa da Universidade-Separação da cadeira de Logica da Faculdade de Mathematica.Decreto agraciando o Dr. José Pereira Ramos pelos trabalhos da reforma da Universidade.-Conflicto entre o bispo de Coimbra e a Universidade, por causa das Theses, em 1795.- Estabelecimento da Junta da Directoria geral dos Estudos.- Carta de Ribeiro dos Santos a respeito de Paschoal José de Mello.- Plano de reforma da Instrucção publica apresentado á Academia.-Em 1799 D. Francisco de Lemos toma novamente conta do governo da Universidade.--As Idéas francezas em Portugal : a corrente revolucionaria na sua explosão temporal.- A viagem de Link a Portugal, sua visita á Universidade de Coimbra, considerando-a em plena Edade media..

577

[ocr errors]
[graphic][ocr errors]
[ocr errors]
[merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][merged small]
[ocr errors]

HISTORIA

DA

UNIVERSIDADE DE COIMBRA

IV

« AnteriorContinuar »