Historia geral de Portugal, e suas conquistas, Volume 16

Capa
Typografia Rollandiana, 1800 - 352 páginas
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Páginas seleccionadas

Outras edições - Ver tudo

Passagens conhecidas

Página 101 - Em negocio ter primeiro conta com o bem commum , e depois com o particular. Tirar alguns tributos , e buscar modo para que Lisboa seja abastada. As leis que fizer , mostrallas primeiro a homens de virtude , e letras , para que me apontem os inconvenientes , que tiverem.
Página 97 - Ó que pude fazer por bem , nunca o fiz por mal. O que pude alcançar por paz, nunca o tomei com guerra. O que pude vencer com rogos , nunca o afugentei com ameaças. O que pude remediar em segredo , nunca o castiguei em publico.
Página 88 - Estado , vos engrandecerãõ as riquezas , e forcas de vossos Reinos ; donde se seguirá metterem-vos em emprezas , de que ou sahireis com pouca honra , ou aventurareis vossos Estados , e vida sem conhecerdes o engano , senao quando lhe faltar o remedio.
Página 92 - Ministros seculares ^ porque he muito differente a pretencaõ de huma Communidade , em cujo respeito o muito parece pouco , do particular de huma pessoa , aonde o pouco a satisfaz , e- paga grandes serviços. Se por ventura aconselharem a VA , que convem reformar em seu.
Página 97 - Nunca consenti á minha língua que dissesse mentira, nem pcrmittí a meus ouvidos que ouvissem lisonjas. « Refreei meu coração para que não desejasse com o seu pouco.
Página 101 - Cuidar á noite no que fiz , e fallei naquel/e dia. Tirar as onzenas. Conquistar , e povoar a índia , Brazil , Angola , e Mina. Todo o que me fallar deshonestidades castigarei rigorosamente. Quando houver de fazer alguma cousa , communicalla primeiro com Deos.
Página 98 - Era vulg. por tanto comem os bichos minhas carnes. Ouvi virtuoso, e vivi virtuoso com os virtuosos , por tanto des.cancará a minha alma com Decs.
Página 86 - Sebastião) , neste incomparável trabalho de governar vossos reinos, em idade que com o nome de liberdade e supremo senhorio, temo que vos persuadam que até não fugirdes da companhia e conselho da rainha vossa avó e do cardeal vosso tio, não sois verdadeiro rei etc.
Página 72 - dos padres e do capitão-mór Estacio de Sá, o qual, além "do seu grande esforço e prudencia, era a todos exemplo "de virtude e religião christã. "Bem mostrou Nosso Senhor que...

Informação bibliográfica