Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Nunca consenti á minha língua que dissesse mentira, nem pcrmittí a meus ouvidos que ouvissem lisonjas. « Refreei meu coração para que não desejasse com o seu pouco.  "
Historia geral de Portugal, e suas conquistas - Página 97
por Damiaõ Antonio de Lemos Faria e Castro - 1800 - 352 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Archivo pittoresco: semanario illustrado, Volume 1

1858
...por paz, nunca o tomei por guerra. « O que pude vencer com rogos, nunca o afugentei com ameaços. « O que pude remediar em segredo, nunca o castiguei...em publico. « O que pude emendar com avisos, nunca o puni com acoutes. « Nunca castiguei cm publico, que primeiro não avisasse. « Nunca consenti á...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF