Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" GIGANTE ORGULHOSO, de fero semblante, Num leito de pedra lá jaz a dormir! Em duro granito repousa o gigante, Que os raios somente poderam fundir. "
Revista trimensal do Instituto Historico, Geographico e Ethnographico do Brazil - Página 56
1881
Visualização integral - Acerca deste livro

Ultimos cantos: poesias

Antônio Gonçalves Dias - 1851 - 318 páginas
...repousa o gigante Que os raios sómente podérão fundir. Dormido atalaia no serro empinado Devêra cuidoso, sanhudo velar ; O raio passando o deixou fulminado, E á aurora que surge não hade acordar l Co' os braços no peito crusados nervosos, Mais alto que as nuvens, os céos a encarar,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Cantos: Collecção de poesias

Antônio Gonçalves Dias - 1860 - 504 páginas
...repousa o gigante, Que os raios somente podérão fundir. Dormido atalaia no serro empinado Devêra cuidoso, sanhudo velar; O raio passando o deixou fulminado, E á aurora, que surge, não ha de acordar! Co'os braços no peito cruzados nervosos, Mais alto que as nuvens, os céos a encarar, Seu corpo se...
Visualização integral - Acerca deste livro

Curso elementar de litteratura nacional

Joaquim Caetano Fernandes Pinheiro - 1862 - 588 páginas
...orgulhoso de fero semblante N'um leito de pedra lá iaz u dormir ! Em duro granito repousa o ginaute tJne os raios somente puderam fundir. Dormido atalaia no...sanhudo velar, O raio passando o deixou fulminado L a aurora que surge não ha de acoí dar ! Co' os braços no peito, cruzados, nervosos Mais alto i|ne...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poesias de A. Gonçalves Dias

Antônio Gonçalves Dias - 1891
...repousa o gigante, Que os raios sómente pudérão fundir. Dormido atalaia no serro empinado Devêra cuidoso, sanhudo velar ; O raio passando o deixou...fulminado, E á aurora, que surge, não ha de acordar I Co'os braços no peito cruzados, nervosos, Mais alto que as nuvens! os céos a encarar, Seu corpo...
Visualização integral - Acerca deste livro

Serenatas e saráus: collecção de autos populares, lundús ..., Volume 2

1902 - 410 páginas
...N'um leito de pedra lá jaz a dormir ! Em duro granito repousa o gigante, Que os raios somente poderam fundir. Dormido atalaia no serro empinado Devera cuidoso,...sanhudo velar ; O raio passando o deixou fulminado, E a aurora, que surge, não ha de acordar ! Co'os braços no peito, cruzados, nervosos, Mais alto que...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poesias de A. Goncalves Dias, Volume 2

Antonio Goncalves Diaz - 1910 - 356 páginas
...repousa o gigante, Que os raios sómente pudérão fundir. Dormido atalaia no serro empinado Devêra cuidoso, sanhudo velar ; O raio passando o deixou...fulminado, E á aurora, que surge, não ha de acordar l Co'os braços no peito cruzados, nervosos, Mais alto que as nuvens! os céos a encarar, Seu corpo se...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poetas brasileiros, Volume 1

1921 - 416 páginas
...repousa o gigante, Que os raios sómente poderam fundir. Dormido atalaia no serro empinado Devêra cuidoso, sanhudo velar ; O raio passando o deixou...fulminado, E á aurora, que surge, não ha de acordar ! Com os braços no peito cruzados nervosos, Mais alto que as nuvens, os céus a encarar, Seu corpo...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poesias de A. Gonçalves Dias, Volume 2

Antônio Gonçalves Dias - 1926 - 350 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Poesias de A. Gonçalves Dias, Volume 2

Antônio Gonçalves Dias - 1926 - 346 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Revista do Arquivo Municipal, Volume 6,Edições 61-63;Volumes 61-63

São Paulo (Brazil). Departamento de Cultura - 1939 - 1216 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF