Imagens das páginas
PDF
ePub
[ocr errors]

reira, Fidalgo honrado, antes é de Era vulg.
pois infeliz, que emprendeo a acçao
mais audaciofa, a menos ouvida, que
até entao fe praticára no feu genero;
mas ella foi huma façanha Portugueză,
que fe fervio de premio a fi mefma.
Diogo Botelho era homem de grande
coraçao, que fentio nao lhe darem
hum defpacho, de que fe entendía di-
gno. A Corte, que receou encontrár
nelle outro Fernao de Magalhães, de-
pois de o ter annos prefo, o entregou
ao Conde Almirante para fe fervir del-
le na India, com ordem de nao vol-
tar ao Reino. Efta prohibição foi hum
novo eftimulo para o feu refentimen-
to; mas com penfamentos bem alheios
dos do Magalhães, o Botelho fó ef-
perava affignalar-fe em alguma acçao
tão façanhofa, que lhe mereceffe reen-
trar na graça do feu Soberano, como
fobre tudo desejava.

Quanto fe havia paffado em Dio, Diogo Botelho o eftimou pelo obje &to, porque elle ha tantos annos esperava. Havendo á mao a copia do Tra tado, e o plano da Fortaleza,

efte bra

?

Era vulg. bravo homem, públicando que hia a huma viagem a Melinde, fe embarcou em huma meia Fufta, que elle conftrujo pela fua idéa, e á faa defpeza. Ella tinha vinte, e dous pés de comprido, feis de altura, e doze de largo. Sem mais companhia que a dos feus escravos e a de cinco homens da fua obrigaçao, Diogo Botelho paffa por Chaul ganhando o largo; chega a Melinde, navega a Quiloa, e feito ao mar declara aos camaradas o feu formidavel defignio. Todos fe cobrem de horror, o fufto os aprehende, nao dá o temor lugar á obediencia. Entao metteo elle em tao bom ufo as promef fas, e os ameaços, que reduzio os ef piritos abatidos a nao duvidarem perder-fe, aonde elle fe perdia. Se tiveffem difcurfo os mares, o do Cabo de Boa-Efperança eftaria pafmado da confiança, com que o lenho defprefivel, depois indignamente defprefado, cortava o dividia, o feparava. Af fombrar-fe-hia o grande golfao da Ilha de Santa Elena até a embocadura do Tejo da audacia, com que o peito de hum

0

"

[ocr errors]

hum mortal: lhe fobmettia as ondas, Era vulg
The calcava as vagas, desfazia as escu-
mas. Entrou Diogo Botelho em Lisboa
com espanto do mundo, e foi nave-
gando, até Almeirim, aonde estava a
Corte. Gente immenfa occupada de al-
fombro misturado de horror, concor-
reo a ver a nova fabrica do Argonau-
ta temerario, que levava as attenções
de todos. O Rei, ainda que goftolo
das noticias do Botelho, eftimou mais
vêr a embarcaçao, que o homem, El-
la mais digna de admiraçao, que a
náo Argos de Jafon, que a náo Vi-
toria de Magalhães, foi condemnada
a acabar varada no rio de Sacavern.
Diffe-fe entao que era neceffariò efte
defprefo para banir dos homens a
idéa, de que a tao pouco cufto fe
podia fazer viagens taō longas.

1

O homem foi recebido como culpado nas demonftrações férias , que inudamente o arguiao de ter empre0 hendido a jornada fem licença do Governador da India. A equidade lhe permittia que andaffe folto; mas a da Imperatriz, irmã delRei

naб diffi

[ocr errors]

12

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

།།

[ocr errors]

Eşa vulg. mulava, que acçao femelhante ficaffe fem premio. Ella gaftou annos de ros gativas para confeguir fe lhe déffe a Capitanía de S. Thomé, que o tornava a levar para fóra do Reino, don, de paffou depois para o governo de Cananor premio fempre acompanhado, naổ fó do retiro da Pátria; mas daquellas fufpeitas, que em materias de intereffe de Eftado fao ordinariamente do número dos males de fua natureza incuraveis. Muito depois de Diogo Botelho chegou a Lisboa o Judeo com as cartas do Governador Nuno da Cunha, que El-Rei eftimou com demonstrações públicas de gofto, e de fatisfação para o Judeo, que além de Outras mercês foi remunerado com huma tença vitalicia de 140 ovo réis. Noticia tao alegre, que promettia p abatimento dos Turcos em Afia, ElRei a mandou participar ao Papa Paulo III. que a celebrou com huma prociffao folemne, a que elle affiftio com todo o Collegio dos Cardeaes. Depois celebrou Pontifical, e no fim delle o Meftre Theofilo Eremita de Santo

Agol

[ocr errors][ocr errors]

Agostinho, recitou com a fua coftu- Era vulg
mada elegancia huma Oraçao pathe
tica em louvor dos Portuguezes, que
foi huma recapitulaçao plaufivel das
façanhas, que os diftinguiao entre.to-
das as Nações do Univerfo.ba

A

A obra crefcia em Dio, e em Ba dur os fignaes apparentes do muito que eftimava a noffa amizade, e alliança, que agora foi a fua redempçaб, pou co depois a fua ruina. Sim chegavaố a Dio os rebates das incursões, que os Mogores faziaб nos Estados de Cambaya; mas elles nao fe atrevêrao a feguir Badur defendido na Ilha pelas noffas armas. O Governador de Baroche, Cidade grande dos mefmos Estados ameaçado dos inimigos, pedio foccorros a Badur, que mandou alguns navios, e Nuno da Cunha dous com 70 Portuguezes ás ordens de Manoel de Macedo, que fazia retroceder os Mogores, fe os Guzarates medrofos naổ o deixaffem fó na praça. O Nizamaluco, feu alliado, em attençaõ nofsa embainhou as armas abandonou a alliança, fez a paz com Badur. Vafco

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
« AnteriorContinuar »