Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" antiga e sempre nova, como diz « Santo Agostinho. Bate pois as azas, oh! « pomba , solta-te das prisöes terrestres,  "
A assumpcao: poema composto em houra da Santa Virgem ... - Página xvii
por Francisco de S. Carlos - 1862 - 275 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Revista trimensal do Instituto historico, geographico e ..., Volume 10

Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - 1848 - 564 páginas
...olhos, que foram sempre inundados do lagrimas, estancassem o pranto, e vissem aquella formosura sempre antiga e sempre nova, como diz Santo Agostinho. Bate pois as azas , ó pomba , solta-te das prisões terrestres, do peso da casa de barro l Hoje é o dia dos teus triumphos!...
Visualização integral - Acerca deste livro

Revista brazileira: jornal de sciencias, lettras e artes, Volume 3

780 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Os varões illustres do Brazil durante os tempos coloniáes, Volume 1

João Manuel Pereira Silva - 1858 - 802 páginas
...olhos, que foram sempre inundados de lagrimas, estancassem o pranto, e vissem aquella fermosura sempre antiga, e sempre nova, como diz Santo Agostinho. Bate pois as azas, ó pomba, solta-te das prisões terrestres, do peso da casa de barro! Hoje é o dia dos teus triumphos!...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os varões illustres do Brazil durante os tempos coloniáes, Volume 1

João Manuel Pereira Silva - 1858 - 802 páginas
...olhos, que foram sempre inundados de lagrimas, estancassem o pranto, e vissera aquella fermosura sempre antiga, e sempre nova, como diz Santo Agostinho. Bate pois as azas, ó pomba, solta-te das prisoes terrestres, do peso da casa de barro! Hoje è o dia dos teus triumphos...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os varões illustres do Brazil durante os tempos coloniáes, Volumes 1-2

João Manuel Pereira Silva - 1858 - 788 páginas
...olhos, que foram sempre inundados de lagrimas, estancassem o pranto, e vissem aquella fermosura sempre antiga, e sempre nova, como diz Santo Agostinho. Bate pois as azas, ó pomba, sol ta-te das prisões terrestres, do peso da casa de barro! Hoje é o dia dos teus triumphos!...
Visualização integral - Acerca deste livro

Revista trimensal do Instituto Historico ..., Volume 36;Volumes 46-47

1873 - 1100 páginas
...os olhos, que forana sempre inundados de lagrimas, estancassem o pranto, e vissem aquella fornausura antiga e sempre nova como diz Santo Agostinho. Bate, pois as azas oh I pomba, solta-te das prisoes terrestres, do peso da casa de barro I Hoje è o dia dos leus triumphos...
Visualização integral - Acerca deste livro

Pantheon fluminense: esboços biographicos

Presalindo de Lery Santos, Presalindo Lery dos Santos - 1880 - 696 páginas
...olhos que foram sempre inundados de lagrimas, estanoassem o pranto, e vissem aquella formosura sempre antiga e sempre nova, como diz Santo Agostinho. Bate, pois, as azas, oh ! pomba ! solta-te das prisoes terrestres, do peso da casa de barro! Hoje è o dia de teus triumphos ! Ergue o collo altivo...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF