Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" E leixas viver os teus. E não te corras de mi : Mas com teu poder facundo Assolves a todo o mundo, E não te 'lembras de ti, Nem ves que te vas ao fundo. ROM. O' Mercurio, valei-me ora, Que vejo maos apparelhos. "
Historia dos quinhentistas - Página 85
por Teófilo Braga - 1871 - 328 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Gil Vicente: Das obras de devação

Gil Vicente - 1834 - 440 páginas
...cahireis. ROM. Assi que a paz não se dá A troco de jubileus? ' 'l * "' Que matas peccados c;i. E leixas viver os teus. E não te corras de mi: Mas com teu poder facundo Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti, Nem ves que te vas ao fundo. ROM. O...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Gil Vicente: Das obras de vaçao

Gil Vicente - 1852 - 456 páginas
...Glue matas peccados ca, E leixas viver os teus. E não te corras de mi : Mas com teu poder facundo Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti, Nem vês que te vás ao ROMA. O Mercúrio, valei-me ora, due vejo mãos apparelhos. MERC. Dá-lhe, Tempo, a essa Senhora O...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras, Volume 1

Gil Vicente - 1852 - 452 páginas
...paz não se dá A troco de jubileus ? MF.RC. O Roma, sempre vi lá Que matas peccados ca, E leixas, viver os teus. E não te corras de mi : Mas com teu poder facundo Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti, ROMA. O Mercurio, valei-me ora, GLue...
Visualização integral - Acerca deste livro

Historia da litteratura portugueza, Volume 5

Joaquim Theophilo Braga - 1870 - 718 páginas
...eu tanta em porfia Porque lha heide negar ? Oh Roma, sempro vi lá Que matas peccados cá, E leixns viver os teus. E não te corras de mi : Mas com teu poder fecundo Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti Nem vês que te vás ao fundo. Em 1525,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Historia do theatro portuguez: Vida de Gil Vicente e sua eschola, seculo XVI

Teófilo Braga - 1870 - 348 páginas
...eu tanta em porfia Porque lha heide negar ? Oh Roma, sempre vi lá Que matas peccados cá, E leixas viver os teus. E não te corras de mi : Mas com teu poder fecundo Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti Nem vês que te vás ao fundo. Em 1525,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Historia da litteratura portugueza, Volume 1

Joaquim Theophilo Braga - 1871 - 320 páginas
...Psira quaesquer remissões? MERCÚRiO : Oh Roma, sempre vi lá '• Que matas peceados cá, E leixaa viver os teus. E não te corras de mi ; Mas com teu prazer jocuudo, i Assolves a todo o mundo, E nilo tu lembras de ti, Nem vês que to vás ao fundo. (2) > (1)...
Visualização integral - Acerca deste livro

Bohemia do espirito

Camilo Castelo Branco - 1886 - 466 páginas
...truco de jubileu» ? Replica-lhe «Mercurio »: O' Roma. sempce vi lá Que maltas peccados cá E leixas viver os teus. E não te corras de mi: Mas com teu podei' facundo Assolves a todo o mundo K não te lembras ífe ti, Nem te» que te viis ao fundo. No...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Gil Vicente, com revisão, Volume 1

Gil Vicente - 1907 - 482 páginas
...a paz não se dá A troco de jubileus ? MER. O' Roma, sempre vi lá Que matas peccados ca, E leixas viver os teus. E não te corras de mi : Mas com teu poder facundo Assolves a todo o mundo, E não te 'lembras de ti, Nem ves que te vas ao fundo. ROM....
Visualização integral - Acerca deste livro

Gil Vicente e a sua obra: conferencia realisada no serão vicentino do ...

José Maria de Queiroz Velloso - 1913 - 92 páginas
...fal-o Mercurio, exclamando: ' Ó Roma, sempre vi lá Que matas pecados cá, E leixas viver os teus. Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti, Nem vês que te vás ao fundo. Não podia ser mais pungente, nem mais acerba a ironia, ao por em destaque o indecoroso tranco das...
Visualização integral - Acerca deste livro

História da literatura portuguêsa desde as origens até á actualidade

Joaquim Mendes dos Remédios - 1914 - 798 páginas
...Que matas peccados cá, E leixas viver os tens. E não te corras de mi : Mas com teu poder fecundo Assolves a todo o mundo, E não te lembras de ti, Nem vós que te yas ao fundo. ROM. Ó Mercúrio, valei-me ora, Que vejo mãos apparelhos. MER. Dá-lhe,...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF