Imagens das páginas
PDF
ePub

de mouros : rogãdolhe niuyto q lhe fizesse este serviço, q ele disse ĝ faria , & forão ambos despachados en Santarê aos sete dias de Mayo, de mil & cccclxxxvij. per ante el Rey dõ Manuel q então era duĝ de Beja : & deulhes el Rey hìa carta de marear ĝ fora tirada de hů Mapamundi, pera que posessem nela os lugares do senhurio do Preste, & assi o caminho por õde fossem. E pera sua despesa lhes deu el Rey quatro cēlos cruzados da arca das despesas da orta Dalmeirim : & lomado de les o q podessê gastar, foy posto ho resto no banco de Bertolameu florètim , & assi lhes deu el Rey hûa carta de crèça pera serê socorridos em perigo ou necessidade ē quaesquer reynos q se achassem, porợ em todos era el Rey conhecido. E partidos Pero de couilhaã & Afonso de payua de Santarê chegarão a Barcelona è dia de corpo de Deos, döde Thescàbarão ho cambo pera Napoles, a q chegarão dia de sam loão : & sendo Ibes dado seu caminho pelos filhos de Como de medicis forão ter a Rhodes , em cuja religião não auia ainda mais de dous Portugueses, hù chamado frey Gonçalo & outro frey Fernådo com què pousarão, & da hi passarão a Alexandria como mercadores, & dali se forão ao Cayro, & dą hi em companhia de mouros de Fez & de 'Tremece em trajos de mouros forão ter ao lugar do Toro ao pé de monte Sinay na costa Darabia no mar roxo: dõde per mar se forão a çua quê na costa da bexia , & despois a Ade. E sabendo ja bệ

que aquelle

rey

Christão 7 dố loão cuydaua q era ho Preste loão das Indias era senhor de Ethiopia, cõcertarão ğ The leuasse A fonso de payua hìa carta del Rey dò loão & se visse coele. E por ser a moução pera a India de ğ sabião a verdade õdestaua, q fosse lá Pero de couilhaà, & a certo tempo se ajūtassem ambos no Cairo. E partidos cada bû pera sua parte, Pero de couilbaã ã ya ê hûa nao de mouros : foy ter a Cananor, & dahi a Calicut, ĝ vio ĝ era naĝle lempo a principal escala da costa da India , & dahi loy ver a ilha de Goa, & foy a cofala & á ilha que

el Rey

agora chamão de sam Lourêço q os mouros chamauão da lüa , & despois á Dormuz. E tornado ao Cairo achou noua ở Afonso de payua era morto: & queredose tornar pera Portugal cô lão boas nouas como leuaua, soube como hi andauão em sua busca dous judeus Portugueses , hũ chamado Rabi habrão morador è Beja , & outro Ioseph morador em Lamego & çapateiro, ĝ esteuera em Babilonia & soubera nouas da ilha Dormuz, & do seu trato dõde fora ter a Portugal algùs dias despois da partida de Pero de couilhaã & Dafonso de payua. E côtou isto a el Rey dom loão, que logo ho tornou a mandar cổ cartas a Pero de couilhaå, & coele Rabi habrá por seu companheiro : & dizia nelas que se Pero de couilhaa tinha visto & sabido tudo aquilo a ĝ ho mandaua ĝ se tornasse a Portugal & Ở The faria merce. E se não tinha tudo visto & sabido @ The escreuesse o que tinha feyto, & principalmente fosse ver ho Preste loão. E alê desta carta requererão os dous judeus estreitamềte a Pero de couilhaã da parte del rey dố loão ĝ fosse ver ho Preste loão, & mostrasse Ormuz a Rabi habrão. E logo Pero de couilhaà escreueo a el Rey tudo o q linha sabido do Preste, & õde era seu señorio, & assi o q vira da India & Dormuz: & a carregação q se fazia è Calicut despeciaria, Droga & pedraria : & Calicut & Cananor esiauão è costa, & podiase nauegar pera lá pela sua costa & mar de Guiné, indo demandar çofala : dõde podião ir tomar a costa de Calicut. E mådada esta carta per loseph, partiose cỏ Rabi habrahão pera Adề, donde foy a Ormuz, & hi ho deixou pera se ir a Portugal cõ outra tal carta sua pera el Rey dố loão como leuara loseph. E determinado dir á corte do Preste loão, foy ver a cidade de Tudá no estreito de Meca: & Meca , & Almedina & mõle Sinay. E embarcado no Toro foy ate · a cidade de Zeila na costa da A bexia : & dahi tomou seu caminho pera a corte do Preste loão, q he como disse senhor da Ethiopia. E chegado á corte deu a carta del Rey dõ lvão a Alexãdre q então senhoreaua a

Ethiopia, ģ a recebeo cô muyto prazer por ser de rey Chrisião, & disse a Pero de couilhaã ğ ho mandaria a sua terra cô muyta hõrra. E neste tệpo morreo Alexãdre & reynou Nahu seu irmão que não quis dar licença a Pero de couilhaà pera se ir, nè menos seu filho Dauit ở despois reynou, em cujo tempo lá foy dỗ Rodrigo de lima por ébaixador, como direy no quinto liuro ğ achou ainda Pero de couilhaà viuo de que se tudo isto soube. E se el Rey dõ loão ouue as cartas q lhe Pero de couiThaã mådou pelos judeus eu ho não soube. E passados algüs meses despois da partida de Pero de couilhaà, elRey dom João falou cổ hủ frade da terra do Presle ģ The foy, mandado de Roma, de què se en formou largaměle do senhorio do Presle, & per ele lhe escreueo. E tambè quasi neste těpo chegou a Lisboa Bertolameu diaz do seu descobrimèto: ĝ contou a el Rey ale õde chegara & os vira. E determinando de prosseguir este descobrimêto, pera o ģ ordenou de mandar fazer dous nauios: & a madeira de q se auião de fazer foy mådada cortar per hű loão de Bragãça moço do mõte q foy védor desta obra, & foy leuada a Lisboa no anno de mil & ccccxciiij. E querendo el Rey dom loão màdar fazer os naujos, sobreueolhe a morte no ano de mil & quatro centos & pouěta & cinco a vinte cinco Doutubro na vila Daluor, & sucedeolhe el Rey dom Manuel de gloriosa memoria o primeyro deste nome: a que parece que a diuina prouidècia tinha escolhido pera este descobrimēto, com ģ a fé catholica foy tão exalçada, & a real casa de Portugal ganhou låta fama & honrra.

C A P I T O L O II.

De como Vasco da gama com outros capitães foy des

cobrir a India. E

como quer que el Rey dõ Manuel assi como sucedeo nos reynos a el Rey dỗ João, assi tâbe lhe sucedeo nos desejos ĝ tinha de descobrir a India : logo aos dous annos de seu reynado entendeu no seu descobrimêlo, pera que lhe aproueitou muylo as instruções q lhe ficarão del Rey dố loão , & seus regimēlos pera esta nauegação : & mãdou fazer dous nauios da madeira ĝ el Rey dõ Toão mandara cortar. E hü q era de cēlo & vite toneladas ouue nome sam Gabriel: & outro de cento sam Rafael : & comprou pera ir coestes naujos hùa carauela de cincoenta toneladas a hů piloto chamado Birrio de ģ a carauela tomou ho nome. E estes tres nauios auia de mandar a este descobrimêto & cô a capitania mór deles cometeo hů Paulo da gama cavaleyro de sua casa filho q fora Desteuão da gama alcayde mór da vila de Sinis no campo dourią, em ở tinha grande confiança por ele ser pera isso. Do q se ele escusou por hûa doença que tinha com q não poderia sofrer os trabalhos de capitão mór , pedindo a el rey q fizesse merce dağle cargo a hů seu irmão mais moço chamado Vasco da gama ho saberia muy bê seruir , & ele iria tambe na armada por capitão pera o acõselhar & ajudar. Do q el Rey foy contente por saber q era assi, & que era Vasco da gana espremệtado nas cousas do mar em q tinha feyto muyto seruiço a el Rey dorn loão : & q era honie de grandes spiritos : & muyto proprio pera dar fim a este descobriměto, & assi lho disse quãdo lhe deu este cargo, encomềdầdolhe muylo ğ satisfizesse ao credito q linha nele, porğ se assi ho fizesse lhe faria

por

isso muyto grandes merces, que lhe logo começou de fazer de hûa comeda, & de dinheiro pera o apercebimêto de sua viage. E pera

irem coele despachou tambè a Paulo da gama & a hủ Niculao coelho ambos criados del Rey & homềs pera qualquer grande feyto. E por quanto nos naujos da armada não podião ir mantimètos q abastassem á yèle dela ate tres annos, cõprou el Rey hùa nao a hü Ayres correa de Lisboa q era de duzentos toneis, pera q fosse carregada de mâtimětos ate a agoada de sam Bras, & ali se despejaria & a queymarião. Despachado Vasco da gama em mõte mór ho nouo onde el Rey estaua, partiose cổ seus capitães pera Lisboa : õde feyta sua armada embarcouse a gente dela, s forão cento & coreuta & oyto pessoas : è Restelo, q sera hùa legoa de Lisboa, hů sabado oyto dias de lulho do anno de mil & ccccxcvij. E ao embarcar sayrão todos e procissam de nossa senhora de Belệ: que he agora hồ mosteiro da orde de sam Hieronimo, & hião em pelote & cirios acesos pas mãos, & os frades rezando ; & ya coeles a mayor parte da gěte de Lisboa , & a mais dela choraua com piedade dos q se yão embarcar crêdo q auião todos de morrer. Embarcados todos & Vasco da gama cô os outros capitães , logo derão ás velas & se partirão de foz è fora. E Vasco da gama ya na nao sam Gabriel, & leuaua por seu piloto a hủ Pero Dalăquer ğ fora piloto de Bertolameu diaz quãdo fora descobrir ho rio do Ifante: & Paulo da gama ya em sam Rafael, & Niculao coelho na carauela berrio : & hů Gonçalo nunez criado de Vasco da gama ya por capitão da nao dos mantimètoş. E na sua cõpanhia ya Bertolameu diaz ê hûa carauela ate a ilha do cabo verde, & dahi auia dir á mina. E Vasco da gama mandou a todos q sendo caso q se perdessem hů dos outros que fizesse seu caminho pera as ilhas do cabo verde, & ali se ajuntarião. E seguindo sua viage dali a oyto dias ouue vista das Canarias. E indo hùa noyte atraves do rio do ouro soy de noyte a çarração lamapha & a tormenta, q se perderão os nauios hùs dos outros, & assi apartados seguirão a rota das ilbas do cabo verde per espaço de oyto dias. Esedo ja jūtos Pau

« AnteriorContinuar »