Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Canta o caminhante ledo No caminho trabalhoso Por entre o espesso arvoredo; E de noite o temeroso, Cantando, refreia o medo. 84 Canta o preso docemente, Os duros grilhões tocando; Canta o segador contente; E o trabalhador, cantando, O trabalho menos... "
Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ... - Página 11
por Luís de Camões - 1843
Visualização integral - Acerca deste livro

De la littérature du Midi de l'Europe, Volume 4

Jean-Charles-Léonard Simonde Sismondi - 1813 - 598 páginas
...Voici cependant une jolie strophe, entre plusieurs autres, sur le pouvoir de la musique (i) : (i) Ganta o caminhante ledo No caminho trabalhoso, Por entre...espesso arvoredo : E de noite o temeroso Cantando refrea o medo. Canta o preso docemente, Os duros grilhôes tocaudo ; Canta o segador contente , £...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras do grande Luis de Camões ..., Volume 4

Luís de Camões - 1815 - 442 páginas
...Que era da musica minha, Que eu cantava em Siaõ: Que foi daquelle cantar, Das gentes taõ celebrado, Porque o deixava de usar, Pois sempre ajuda a passar Qualquer trabalho passado. Canta o caminhante lédo, No caminho trabalhoso, Por entre o espessq arvoredo; E de noite o temeroso Cantando refréa...
Visualização integral - Acerca deste livro

Historical View of the Literature of the South of Europe, Volume 4

Jean-Charles-Léonard Simonde Sismondi - 1823 - 594 páginas
...joyous traveller, Along his morning way, Through painful paths and forests, sings A merry roundelay. Canta o caminhante ledo No caminho trabalhoso, Por...espesso arvoredo : E de noite o temeroso Cantando refrea o medo. Canta o preso docemeutc, And when at night beneath the star His lonely way he wends,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Portuguese literature

Friedrich Bouterwek - 1823 - 434 páginas
...stanzas are those in which the poet celebrates the power of song in sorrow, and the limits of that power. Canta o caminhante ledo, No caminho trabalhoso, Por...o espesso arvoredo, E de noite o temeroso Cantando refre ao medo. (/'until o preso docemente, Os duros grilhoes tocando ; Canta o segador contente ; E...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Redondilhas. Comedias

Luís de Camões - 1863 - 520 páginas
...Qu'era da musicJ minha, Que eu cantava em Sião? Que foi daquelle cantar, Das gentes tão celebrado? Porque o deixava de usar, Pois sempre ajuda a passar...o caminhante ledo No caminho trabalhoso Por entre b espesso arvoredo; E de noite o temeroso Cantando refreia o medo. Canta o preso docemente, Os duros...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Redondilhas. Comedias

Luís de Camões - 1860
...Qu'era da musica minha, Que eu cantava em Sião? Que foi daquelle cantar, Das gentes tão celebrado? Porque o deixava de usar, Pois sempre ajuda a passar Qualquer trabalho passado? Canta o caminhante |cdo No caminho trabalhoso Por entre o espesso arvoredo; E de noite o temeroso Cantando refreia o medo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras, precedidas de um ensaio biographico, augmentadas com ..., Volume 4

Luis Vaz de Camoens - 1865
...Qu'era da musica minha, Que eu cantava em Sião? Que foi daquelle cantar, Das gentes tão celebrado? Porque o deixava de usar, Pois sempre ajuda a passar Qualquer trabalho passado? Canja o caminhante ledo No caminho trabalhoso Por entre o espesso arvoredo; E de noite o temeroso Cantando...
Visualização integral - Acerca deste livro

Annuario, Volume 1

Sociedade Nacional Camoneana - 1881
...Qu'era da musica minha, Que eu cantava em Sião ? Que foi daquelle cantor, Das gentes tão celebrado ? Porque o deixava de usar, Pois sempre ajuda a passar Qualquer trabalho pesado? Canta o caminhante ledo No caminho trabalhoso Por entre o espesso arvoredo; E de noite o temeroso...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os ratos da Inquisição: Poema inédito do judeu portuguez Antonio Serrão de ...

António Serrão de Crasto - 1883 - 228 páginas
...vida. Na Tifdondilha que começa: Sóbolos rios que vão Por Babylonia, me achei.. ha estes versos: Canta o caminhante ledo No caminho trabalhoso Por...refreia o medo. Canta o preso docemente, Os duros grilhocns tocando; Canta o cegador contente; E o trabalhador, cantando, O trabalho menos sente. dour,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os ratos da Inquisição: Poema inédito do judeu portuguez Antonio Serrão de ...

António Serrão de Crasto - 1883 - 216 páginas
...desgostos da vida. Na a que começa: Sóholos rios que vão Por Babylonia, me achei... ha estes versos: Canta o caminhante ledo No caminho trabalhoso Por...refreia o medo. Canta o preso docemente, Os duros grilhoens tocando; Canta o cegador contente; E o trabalhador, cantando, O trabalho menos sente. _ _i?_..i'....
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF