Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Naquele engano da alma, ledo e cego, Que a Fortuna não deixa durar muito, Nos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando e às ervinhas O nome que no peito escrito tinhas. "
Poesias selectas para leitura, recitação, e analyse dos poetas portuguezes ... - Página 34
por Henrique Carlos Midosi - 1884 - 320 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Collecção de poesias ineditas dos melhores autores portuguezes, Volume 1

1809
...OITAVA. Estavas linda Içnez posta em soce^o De teus annos colhendo o doce fruto Naquelle engano d' alma ledo , e cego » Que .a fortuna não deixa durar...saudosos campos do Mondego De teus formosos olhos nunca enxuto Aos montes ensinando , e ás hervinhas O nome, que ao peito escrito tinhat. CaniÓcs Cant. j....
Visualização integral - Acerca deste livro

Mélanges de poésie et de littérature. Nouveaux mélanges de poésie et de ...

Florian - 1812
...banhar em sangue humano.' ESTAVAS , linda Ignez, posta em socego, De teus annos colhendo doce fruto, Naquelle engano da alma, ledo, e cego, Que a fortuna não deixa durar muto ;" EPISODE D'INEZ DE CASTRO, TRADUIT DE LA LUSIADE DE CAMOENS. Chant III. oc t. ii8. V AisQtjEUR...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras do grande Luis de Camões ..., Volume 1

Luís de Camões - 1815
...fortuna naõ deixa durar muto; Nos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuto, Aos montes ensinando, e ás hervinhas, O nome que...tinhas. CXXI. Do teu Principe alli te respondiam As lemhrancas que na alma lhe moravam ; Que sempre ante seus olhos te traziam, Quando dos teus formosos...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1818
...Fortuna naõ deixa durar muto ; Nos saudosos campos do Mondego , De teus formosos olhos nunca enxuto , Aos montes ensinando , e ás hervinhas , O nome que no peito escripto tinhas. ia r. Do teu Principe alli te respondiam As lembrancas que na alma lhe moravam ;; Que sempre ante seus...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico

Luís de Camões - 1819 - 420 páginas
...socego , De teus annos colhendo doce fruto, Naquelle engano da alma, ledo e cego, Que a fortuna na"b deixa durar muito ; Nos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuto, Aos montes ensinando , e ás hervinhas , O nome que no peito escripto tinhas. c xx i. Do teu...
Visualização integral - Acerca deste livro

Memoirs of the Life and Writings of Luis de Camoens, Volume 1

John Adamson - 1820
...naõ deixa durar muito t Camom0. Nos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuto, Aos montes ensinando, e ás hervinhas, O nome que no peito escripto tinhas. Do teu Principe alli te respondiam As lembranças que na alma lhe moravam ; Que sempre ante seus olhos...
Visualização integral - Acerca deste livro

Œuvres Mélanges de poésie et de littérature

Jean Pierre Claris de Florian - 1820
...sangue humano. ESTAVAS , linda Ignez, posta em soccgo, De teus ânuos colhendo doce fruto, Tíaquelle engano da alma, ledo, e 'cego. Que a fortuna não deixa durar imito j (Ti .V D'INEZ DE CASTRO, TRADUIT DE LA LUSIADE DE CAMOENS. Chant XII. oct. I i8. VAINQUEUR...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico de Luis de Camões

Luís de Camões - 1823 - 377 páginas
...fortuna não deixa durar umito; Nos sandosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxnto , Aos montes ensinando, e ás hervinhas , O nome que no peito escripto tinhas. cxxI. Do teu Prineipe alli te respondiam As lemhranças que na alma lhe moravam; Oue sempre ante seus olhos te traziam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Parnaso Lusitano: ou, Poesias selectas dos auctores portuguezes ..., Volume 1

1826 - 1830 páginas
...socégo , De teus annos colhendo doce fraito , K'aquelle engano da alma , ledo e cego , Que a fortuna nao deixa durar muito ; Nos saudosos campos do Mondego De teus formosos olhos nunca euxuito , Aos montes ensinando , e ás hervinhas O nome que no peito escripto tinhas. Do teu prineipe...
Visualização integral - Acerca deste livro

D. Inez de Castro: novella

Stéphanie Félicité comtesse de Genlis - 1837 - 260 páginas
...seus divinos accenlos. Estavas, linda Inez, posta em soeego, • ' De teus antios colhendo doce fruto, Naquelle engano da alma , ledo e cego, Que a fortuna...deixa durar muito; Nos saudosos campos do Mondego , Pé teus formosos olhos nunca enxuto , Aos montes ensinando, e ás hervinha.* , O nome que no peito...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF