Imagens das páginas
PDF
ePub

testimunho desto lhe mandamos dar esta carta asinada per nos e seelada do nosso seello de chūbo dante nos paaços dalmeirim viij dias de dezembro paay rodriguiz a fez era de mjl E xxx iij años.

Chancellaria de D. Duarte, liv. 1.o, fl. 50 v.
Chancellaria de D. Affonso V, liv. 34.o, fl. 183 v.
Chancellaria de D. João III, liv. 21.o, fl. 119 v.,

liv. 31.o, fl. 137 v. e liv. 42.o, fl. 5 v.
Liv. 2.o da Beira, fl. 82 e liv. 3.o dito, fl. 17.

DOCUMENTO CXV

Confirmaçam de terra de zurara e quintaa de sancto andre a ferná daluarez cabral.

Dom Eduarte A quantos esta carta virem fazemos saber que fernã daluarez cabral caualleyro nosso uasallo criado do jffante dom anrrique meu mujto amado e prezado jrmaão mostrou per ante nos duas cartas do muj virtuoso e de grandes virtudes elrrey meu senhor e padre cuja alma deus aia a saber hua per que o dicto senhor outorgou que lujs aluarez seu padre e seus herdeiros descendentes ouuesem pera todo sempre as terras de zurara e de manteigas com todallas jurdições rendas direitos perteeças a qual era asinada per o dicto senhor e aseellada do seu seello do chubo fecta per aluaro gonçalluiz em a cidade de lixboa xj dias de julho da era de cesar de mjl E iij e xxxvij años. ( Outra perque o dicto senhor fez liure e pura doaçam pera todo sempre a aluaro gil seu auoo pera el e pera todos scus herdeyros e sucesores da qujta de sancto andre que he è terra de zurara a qual era asinada per dicto senhor e ascellada do seu seello do chumbo fecta per vasco piriz em cojnbra xij dias dabril da dicta era de

cesar de mil xxxiij años E pedionos o dicto ferna daluarez que lhe desemos nossa confirmaçam das dictas terras e quitaa E visto per nos seu requerimēto E as mujtas e grandes razoões que teemos pera o outorgar E querendolhe fazer graça e mercee confirmamoslhe as dictas terras de zurara e manteygas e quĵtaa de sancto andre assy e pella gisa que as dictas terras o dicto. seu padre auja E pella gujsa que o dicto seu auoo a dicta quintaa persuya segundo nas dictas cartas he contheudo E porem mandamos aos ueedores da nossa fazenda e contadores e almoxarifes e Jujzes e justiças E a outros quaaes quer que esto ouueré de ueer a que esta carta for mostrada que lhe leixem auer e posujr as dictas terras de zurara e de manteigas e quitaa de sancto andre E lhas guardem e façam conprir e guardar segundo nas dictas cartas he contheudo E em testimunho dello lhe mandamos dar nossa carta asignada per nos e seellada do nosso seello do chumbo dante em almeirim viij dias de dezembro gil piriz a fez era de mjl iiij xxxiij años.

Chancellaria de D. Duarte, liv. 1.o, fl. 51. (Vej. precedente.)

DOCUMENTO CXVI

Aministraçam do morgado e espitall de dona moor diaz de pomte de seira etc a dieguo gonçaluiz de trauaços.

Dom Eduarte etc A quatos esta carta virem fazemos saber que diego gonçaluiz de trauaços ueedor das terras. do jffante dom pedro meu jrmãao que sobre todos amamos e prezamos nos enujou mostrar hua nossa carta que lhe demos em seendo jffante asignada per nos e aseellada do nosso seello de cera pendente fecta per Joham uasquiz na cidade de lixboa aos xv dias de junho do naciméto de nosso senhor Jhũ xpo de mil iiij xxv años

[ocr errors][ocr errors][merged small][merged small][ocr errors][graphic]
[graphic]
« AnteriorContinuar »