Ilha de Metarica: Memórias da Guerra Colonial

Capa
INDEX ebooks, 17/07/2014 - 72 páginas
As memórias francas, por vezes imensamente divertidas, por vezes brutalmente chocantes, do percurso militar de um capitão miliciano do Exército Português, enviado para a Guerra Colonial na Guiné e em Moçambique, onde se cruzou com Spínola, Kaúlza de Arriaga e outros homens e mulheres que o marcaram para o resto da sua vida.

"Tive tempo, muito tempo mesmo, enquanto estive em África, principalmente na Ilha de Metarica, durante as horas mortas no aquartelamento, ou nas operações de dias e dias pela mata, para pensar na minha vida e nos meus problemas, e cheguei à conclusão que era necessário relativizá-los, por muito grandes que eles me parecessem, perante a gravidade de certas situações com que me deparei na guerra. Não quis definir metas para a minha vida para quando regressasse a Portugal, mas tinha a certeza de que voltaria um “homem” novo e em variados aspetos – humano, social, político e principalmente sexual - foi ali, em África, que cheguei finalmente à conclusão de que, apesar da minha orientação sexual não ser a mais comum, eu era um homem normal."
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Páginas seleccionadas

Índice

Secção 1_
Secção 2_
Secção 3_
Secção 4_
Secção 5_
Secção 6_
Secção 7_
Secção 8_
Secção 14_
Secção 15_
Secção 16_
Secção 17_
Secção 18_
Secção 19_
Secção 20_
Secção 21_

Secção 9_
Secção 10_
Secção 11_
Secção 12_
Secção 13_
Secção 22_
Secção 23_
Secção 24_
Secção 25_
Direitos de autor

Palavras e frases frequentes

Acerca do autor (2014)

João Carlos Roque nasceu na Covilhã, em 1946. Estudou na Covilhã, em Castelo Branco e em Lisboa. Foi incorporado no Exército em 1971, tendo feito comissão de serviço na Guiné e em Moçambique durante a Guerra do Ultramar. Passou à disponibilidade em 1975. Escreve regularmente no seu blogue "whynotnow", sendo Ilha de Metarica: Memórias da Guerra Colonial o primeiro livro que publica.

Informação bibliográfica