Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Lá vai, lá se esvaece! Sonho da infância que nos traz aos lábios Um riso mais que doce: Mas uma voz, um som ... — some-se o sonho Como se nunca fosse. Tu, filho da esperança! — tu juraste O que também juramos, Tu acreditas, inocente! ainda O... "
Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - Página 401
1855
Visualização integral - Acerca deste livro

Revista do Instituto Historico e Geographico do Brazil, Volume 19

1856 - 846 páginas
...esvaece ! Sonho da infância, que nos traz aos lábios Um riso mais que doceMa* uma voz, um som.. .. _ some-se o sonho Como se nunca fosse. Tu, filho da...acreditamos. Oh ! que não soffra as dores que nos ferem Teu joven coração! Que o futuro que esperas se não torne Terrível illusão ! Que sobre nós os...
Visualização integral - Acerca deste livro

Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro

Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - 1856 - 892 páginas
...que dos traz aos lábios Um riso mais que doce ; Ma* uma »oz, um som.... — some-se o souho, Gomo se nunca fosse. Tu, filho da esperança ! — tu juraste O que também juramos; Tu acreditas, innocenle ! — ainda O quanto acreditamos. Oh ! que não soffra as dores que nos ferem Teu joven coração...
Visualização integral - Acerca deste livro

Le Brésil littéraire: histoire de la littérature brésillienne

Ferdinand Joseph Wolf - 1863 - 630 páginas
...quasi, La vae, la se esvaece! Sonho da infancia, que nos traz aos labios Um riso mais que doce; Mas uma voz, um som... — some-se o sonho, Como se nunca...fosse. Tu, filho da esperança! — tu juraste O que tambem jurâmos; Tu acreditas , innocente ! — ainda O quanto acreditâmos. Oh! que nâo Suffira as...
Visualização integral - Acerca deste livro

Le Brésil littéraire: histoire de la littérature brésilienne ..., Página 1

Ferdinand Joseph Wolf - 1863 - 608 páginas
...vae, la se esvaece! Si m lin da infancia, que nos traz aos labios Um riso mais que doce; Mas IIIIIH voz, um som... — some-se o sonho, Como se nunca...Tu, filho da esperança! — tu juraste • O que tambein jurâmes; Tu acreditas, innocente I — ainda O quanto acreditâmos. Oh! que nâo soffra as...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poetas brasileiros, Volume 1

1921 - 416 páginas
...quasi, L,á vae, lá se esvaece ! Sonho da infancia que nos traz aos labios Um riso mais que doce : Mas uma voz, um som... — some-se o sonho, Como se nunca...fosse. Tu, filho da esperança ! — tu juraste O que tambem juramos. Tu acreditas, innocente ! — ainda O quanto acreditamos ! Oh ! que não soffra as...
Visualização integral - Acerca deste livro

Antologia dos poetas brasileiros da fase romântica

Manuel Bandeira - 1937 - 326 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Pré-visualização indisponível - Acerca deste livro

Obras-primas da lírica brasileira

Manuel Bandeira - 1943 - 400 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Obras poéticas ...

Luiz José Junqueira Freire - 1943 - 256 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Pré-visualização indisponível - Acerca deste livro

Poesias completas de Junqueira Freire ..., Volume 1

Luiz José Junqueira Freire - 1944 - 232 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Apresentação da poesia brasileira: seguida de uma pequena antologia

Manuel Bandeira - 1946 - 448 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF