Bibliotheca historica, politica, e diplomatica da nação Portugueza: (1806-8), Volume 1

Capa
1830 - 376 páginas
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Páginas seleccionadas

Outras edições - Ver tudo

Palavras e frases frequentes

Passagens conhecidas

Página 34 - ... governarem e regerem estes meus reinos, o marquez de Abrantes, meu muito amado e prezado primo; Francisco da Cunha de Menezes, tenente general dos meus exercitos ; o principal Castro do meu conselho e regedor das justiças ; Pedro de Mello Breyner, do meu conselho, que servirá de presidente do meu real erario, na falta e impedimento de Luiz de...
Página 96 - ... de manufacturas, sem exceptuar alguma, fazendo os seus trabalhos em pequeno ou em grande, como entenderem que mais lhes...
Página 96 - Brazil, e nos meus dominios ultramarinos, e ordenar que, d'aqui em diante, seja licito a qualquer dos meus vassallos, qualquer que seja o paiz em que habitem, estabelecer todo o...
Página 135 - Rodrigo de Souza Coutinho, do meu Conselho de Estado, ministro e secretario de Estado dos...
Página 34 - Tenho n'isto todas as Considerações, que em tal caso Me são presentes: Sou servido Nomear para na Minha Ausencia governarem, e regerem estes Meus Reinos, o Marquez de Abrantes, Meu Muito Amado e Prezado Primo; Francisco da Cunha de Menezes, Tenente General dos Meus Exercitos; o Principal Castro, do Meu conselho e Regedor das justiças; Pedro de Mello Breyner, do Meu Conselho, que servirá de Presidente do Meu Real Erario, na falta e impedimento de Luiz de...
Página 33 - Italia, a quem eu me havia unido no continente, na persuasão de não ser mais inquietado, e que as mesmas se dirigem a esta capital: e querendo eu evitar as funestas consequencias, que...
Página 80 - Attendendo á representação que fizestes subir á minha Real presença, sobre se achar interrompido e suspenso o commercio desta capitania, com grave prejuizo dos meus vassallos e da minha Real Fazenda, em razão das criticas e publicas circumstancias da Europa; e querendo dar sobre este importante objecto alguma providencia prompta e capaz de melhorar o progresso de taes damnos : Sou servido ordenar interina e provisoriamente, emquanto não consolido hum systema geral, que effectivamente regule...
Página 80 - Brasil, ou outros notoriamente estancados, pagando por sahida os mesmos Direitos já estabelecidos nas respectivas Capitanias, ficando entretanto como em suspenso, e sem vigor todas as Leis, Cartas...
Página 81 - Estado do Brazil o reciproco commercio e navegação entre os meus vassallos e estrangeiros. O que tudo assim fareis executar com o zelo e actividade que de vós espero. Escripta na Bahia aos 28 de janeiro de 1808. PRINCIPE. Para o Conde da Ponte.
Página 82 - Principe do Brazil, abandonando Portugal, renunciou todos os seus direitos á Soberania deste reino. A casa de Bragança acabou de reinar em Portugal. O Imperador Napoleão quer que este bello paiz seja administrado e governado todo inteiro em seu nome e pelo General em chefe do seu exercito.

Informação bibliográfica