Imagens das páginas
PDF
ePub
[ocr errors]

Era vulg. narraça da viagem do Viso-Rei D.

Garcia de Noronha, nao nos lembrando mais do covarde Capitao Francisco Pacheco, nem de outros companheiros da sua fraqueza : Portuguezes indignos da vida, que depois de perderem a liberdade promettida pelo Baxá fraudulento; elles a confervárað pou. cos dias, sem lhes valer o refugio do Turbante, a que a impiedade lhes sob. metteo as cabeças. Apoftafia, que o mesmo Baxá, entao justo sem merecimento vingou pelas suas mãos por desafogo da cólera.

Sahio D. Garcia de Noronha do rio de Lisboa com a Armada, que diffemos. Os Capitães, que com elle embarcáraó, forao Bernardim da Silveira o Drago em huma náo em que os facinorofos tirados de todas as cadeas do Reino , se sobmergiraó com elle', sem fe saber aonde nem como , e Joao de Sepulveda , que por erro dos seus Officiaes do mar, foi invernar a Ormuz. Os Comandantes das outras nove náos, que chegára5 na conserva do Viso-Rei á Goa, eraó D. Joaó de

Cara

[ocr errors]
[ocr errors]

Castro , que nao quiz acceitar o go. Era rule verno de Ormuz, em que El-Rei o provia , pelo nao ter merecido, como se já previffe este grande Varao, que elle devia ir á India como voluntario para se fazer digno do governo nao de huma praça, mas de toda ella : D. Francisco de Menezes da Casa de Villa Real, que leyaya o despacho de Baçaim : D. Christovao da Gama filho do Conde Almirante, que havia governar Malaca : D. Garcia de Castro nomeado Governador de Goa : Luiz Falcao, Ruy Lourenço de Tavora, D. Joao Deça , e Francisco Pereira de Berredo, que já fora Capitaõ de Chaul,

Alem dos 40000 homens, que guarneciao esta Armada , nad so em barcou nella muita Nobreza das Pro. vincias mas muitos dos grandes Fi, dalgos, que se offerecêrað voluntarios para irem servir em occasiao de tantą honra. Entre elles nao devemos esqueç cer D. Alvaro, e D. Bernardo de Noronha, filhos do Viso-Rei; D. Martinho de Sousa, D. Joao Manoel o dla, baltro D. Luiz de Ataide depois

Gii

Coo

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

Era vulg. Conde da Atouguia , D. Antonio de

Noronha o Catarraz, Fernaõ da Sila va Commendador de Alpalha6; D.

; Diogo de Almeida , D. Joao Mascarenhas, que hia vêr em Dio o theatro, onde depois tinha de representar fi. guras fublimes ; os dous irmãos Fran. cisco , e Diogo Lopes de Sousa , D. Joað Henriques, D. Duarte Deça, os tres irmãos Manoel , Joao , e Diogo de Mendoça ; D. Jorge de Menezes, que depois foi chamado o Baroche em memoria do assignalado feito seu tempo referiremos.

Corria ó mez de Setembro, quando o Viso-Rei chegou a Goa : tempo, em que Nuno da Cunha se aprestava com o maior ardor para marchar em peffoa ao foccorro de Dio. Elle fe sobprendeo com a vinda do successor, que teve por hum agravo, e por huma recompensa ingrata de tantos serviços , especialmente por lhe arrancar das mãos o empenho honroso de li

o yrar a mesma Praça, que fundara. Mas nao se queixe o Heróe , imitador glorioso do Albuquerque ; que se a pou

, que a

[ocr errors]

ca

[ocr errors]
[ocr errors]

ca fortuna do Succeffor lhe vingou as Era vulg: injúrias outro tanto vio o mundo a respeito de Nuno da Cunha com o no, yo substituto. As agonias do espirito, duras para diffimuladas se rendeo o Governador , que perdeo de golpe a natural alegria; que sentio vêr-se abandonado de repente pela Nobreza, que adorava o Sul que nascia, e apedrejava o que se punha; que nos transportes de melancolico a bum dos da sua claffe menos groffeiro, que lhe pedio licença para ir visitar o novo. Viso. Rei, respondeo: Ide, Senhor , fallareis ao louco mais entendido nasceo em Portugal. :

Tomou D. Garcia de Noronha posse do governo da India , aonde achou de verga d'alto, huina Armada de 80 vélas em que entravao 40 náos, e galeões de alto bordo. Nella se embar. cou o. Viso-Rei

a tempo que che- . gava Martim Affonso de Sousa com us navios, que tinha ás suas ordens como General do mar, e que em razao deste cargo havia cobrir a van. guarda na batalha o que esperava , e

pao

, que ainda

e

[ocr errors]

Era vulg. nao veio a dar D. Garcia. Como elle

soube por Miguel Vaz, que os TurCos haviao marchado de Madre faval para continuarem o sitio de Dio, mandou cinco navios a soccorrer a Praça : despedio à Lourenço Botelho com qual tro para ir a ponta de Dio avisar as náos de Ormuz , qu'e tomaffem o rue mo de Goa ; e ordenou à Luiz Cou: tinho que fe poftaffe com seis na enseada de Cambaya a impedir, que pe. la costa de Bacaim, e Damað se transa portásfem mantimentos para os fitiadores.

Em quanto o novo Viro-Rei le occupava nestas manobras Antonio da Silveira se enchia de huma afflicçao extrema , por ignorar o que se ti. nha passado no ultimo avance do Ba. luarte da Villa dos Rumes. Quando elle discorria sobre imaginações tristes, chegou aos muros da Fortaleza o trahidor Antonio Faleiro com a guarda de quatro Genizaros, e em nome do Baxá entregou huma carta do Capitao Francisco Pacheco para o Governador. Elle se desculpaya da necessidade, que

« AnteriorContinuar »