Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Nenhum que use de seu poder bastante, Para servir a seu desejo feio; E que por comprazer ao vulgo errante Se muda em mais... "
Camões, Os Lusiadas e a renascença em Portugal - Página 91
por Joaquim Pedro Oliveira Martins - 1891 - 324 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas

Luís de Camões - 1759
...largamente de feus vicios. LXXX V. Nenhum , que ufe de feu poder bailante Para fervir a feu defejo feo, E que por comprazer ao- vulgo errante, Se muda em mais figuras que Prothéo : Nem Camenas tambera cuidéis , que cante , Q .em com habito honefto , & grave veo , Por...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luis de Camões ...

Luís de Camões - 1779
...largamente de feus vícios. LXXXV. . Nenhum que ufe de feu poder baílante , Para fervira feu defejo fêo j E que por comprazer ao vulgo errante Se muda em mais figuras que Prothêo : Nem , Caiménas , também cuideis que cante Quem com hábito honefto , e grave véo , Por...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1818
...largamente de seus vicios. 85. Nenhum que use de seu poder bastante Para servir a seu desejo feo ; E que por comprazer ao vulgo errante Se muda em mais figuras que Protheo : Nem, Camenas*, tambem cuideis que cante Quem com hábito honesto e grave , véo , Por contentar...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico

Luís de Camões - 1819 - 420 páginas
...com torpes exercicios Usar mais largamente de seus vicios. Nenhum que use de seu poder bastante, Para servir a seu desejo feio; E que por comprazer ao vulgo...que cante Quem com habito honesto e grave, veio, Por contentar ao Rei no officio novo, A despir, e roubar o pobre povo. LXXXVI. Nem quem acha que he justo,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico de Luis de Camões

Luís de Camões - 1823 - 377 páginas
...torpes exereieios Usar mais largamente de seus vieios: Nenhum que use de seu poder hastante , Para servir a seu desejo feio ; E que por comprazer ao vulgo errante Se mnda em mais figuras que Proteio. Nem, Camenas, tamhem euideis que cante Quem com hahito honesto e...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...torpes exercicios Usar mais largamente de seus vicios. LXXXV. Nenhum que use de seu poder bastante, Para servir a seu desejo feio; E que por comprazer ao vulgo...Proteio: Nem, Camenas, tambem cuideis que cante Quem com hábito honesto e grave, veio, Por contentar o Rei no officio novo, 'A despir e roubar o pobre povo....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...exercicios Usar mais largamente de seus vicios. I.XXXV. Nenhum que use de seu poder bastante, Para servir a seu desejo feio; E que por comprazer ao vulgo...figuras que Proteio: Nem, Camenas, tambem cuideis que canto Quem com hábito honesto e grave, veio, Por contentar o Rei no odficio novo, A despir e roubar...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas poema epico de Luis de Camões: restituido a' sua primitiva ...

Luís de Camões - 1846 - 585 páginas
...inilantit lyranni Mente quuiil lulidn , cle. EsT. LXXXV. Nenhum, que use de seu poder hastante Pera servir a seu desejo feio , E que , por comprazer ao vulgo errante , Se muda em mais liguras nuc-proleio. Prateio para rhymar com feio e voz desconhecida dos nossos poetas quinhentistas,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Estudo moral e politico sobre Os Lusiadas

José Silvestre Ribeiro - 1853 - 236 páginas
...com torpes exercicios Usar mais largamente de seus vicios. Nenhum, que use de seu poder bastante Para servir a seu desejo feio; E que por comprazer ao vulgo...errante, Se muda em mais figuras, que Proteio Nem quem acha, que he justo, e que he direito Guardar-se a lei do Rei severamente; E não acha que he justo,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas

Luís de Camões - 1859 - 415 páginas
...exercicios í. Usar mais largamente de seus vicios. LXXXV. Nenhum , que use de seu poder bastante Para servir a seu desejo feio, E que, por comprazer ao...que cante Quem com habito honesto e grave veio, Por contentar ao Rei no officio novo , A despir, e roubar o pobre povo. LXXXVI. Nem quem acha, que he justo,...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF