Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Naquele engano da alma, ledo e cego, Que a Fortuna não deixa durar muito, Nos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando e às ervinhas O nome que no peito escrito tinhas. "
Selecta camoniana: ou, excerptos dos Lusiadas - Página 74
por Luís de Camões - 1863 - 314 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Collecção de poesias ineditas dos melhores autores portuguezes, Volume 1

1809 - 210 páginas
...OITAVA. Estavas linda Içnez posta em soce^o De teus annos colhendo o doce fruto Naquelle engano d' alma ledo , e cego » Que .a fortuna não deixa durar...saudosos campos do Mondego De teus formosos olhos nunca enxuto Aos montes ensinando , e ás hervinhas O nome, que ao peito escrito tinhat. CaniÓcs Cant. j....
Visualização integral - Acerca deste livro

Mélanges de poésie et de littérature. Nouveaux mélanges de poésie et de ...

Florian - 1812 - 394 páginas
...banhar em sangue humano.' ESTAVAS , linda Ignez, posta em socego, De teus annos colhendo doce fruto, Naquelle engano da alma, ledo, e cego, Que a fortuna não deixa durar muto ;" EPISODE D'INEZ DE CASTRO, TRADUIT DE LA LUSIADE DE CAMOENS. Chant III. oc t. ii8. V AisQtjEUR...
Visualização integral - Acerca deste livro

Œuvres Mélanges de poésie et de littérature

Jean Pierre Claris de Florian - 1820 - 244 páginas
...sangue humano. ESTAVAS , linda Ignez, posta em soccgo, De teus ânuos colhendo doce fruto, Tíaquelle engano da alma, ledo, e 'cego. Que a fortuna não deixa durar imito j (Ti .V D'INEZ DE CASTRO, TRADUIT DE LA LUSIADE DE CAMOENS. Chant XII. oct. I i8. VAINQUEUR...
Visualização integral - Acerca deste livro

D. Inez de Castro: novella

Stéphanie Félicité comtesse de Genlis - 1837 - 260 páginas
...seus divinos accenlos. Estavas, linda Inez, posta em soeego, • ' De teus antios colhendo doce fruto, Naquelle engano da alma , ledo e cego, Que a fortuna...deixa durar muito; Nos saudosos campos do Mondego , Pé teus formosos olhos nunca enxuto , Aos montes ensinando, e ás hervinha.* , O nome que no peito...
Visualização integral - Acerca deste livro

Nova Castro: tragedia de João Baptista Gomes Junior

João Baptista Gomes - 1838 - 128 páginas
...appreciaroamor coroado pela virtude. Estavas, linda Ignez, posta em socego, De teus annos colhendo doce fruto, Naquelle engano da alma, ledo e cego, Que a fortuna...saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuto, Aos montes ensinando, e ás hervinhas, O nome que no peito escripto tinhas. Do teu Príncipe...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843 - 454 páginas
...lagrimas tristes se mitiga, He porque queres aspero e tyranno Tuas aras banhar em sangue humano. cxx. Estavas, linda Ignez, posta em socego, De teus annos...ledo e cego, Que a fortuna não deixa durar muito; !Vos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando, e ás...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843 - 454 páginas
...queres aspero e tyranno Tuas aras banhar em sangue humano. cxx. Estavas, linda Ignez, posta em socègo. De teus annos colhendo doce fruito, Naquelle engano...fortuna não deixa durar muito; Nos saudosos campos do Alondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando, e às hervinhas O nome que no...
Visualização integral - Acerca deste livro

A critique on the critics; or, The Britannia, Athenæum, and clique unmasked

William Richard Harris (writer of verse.) - 1847 - 80 páginas
...public, whom if it pleases, I am satisfied. OS LUSÍADAS DE LUÍS DE CAMÕES. CANTO III. ESTANCIA 120. Estavas, linda Ignez, posta em socego, De teus annos...deixa durar muito; Nos saudosos campos do Mondego, De seus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando, e ás hervinhas O nome que no peito escripto...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões

Luís de Camões - 1847 - 432 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Lisia poetica: ou, collecção poesias modernas de auctores ..., Volumes 5-6

1849 - 558 páginas
...todos, bem poderás, Prolongar-lhe o sentir, fazer que o sonho, Enleiadaa trouiesse por mais tempo « Naquelle engano da alma, ledo e cego » « Que a fortuna não deixa durar muito. » Que amor que lhe Ella teve ! Oh ! quem lograra Nestes tempos que vão, amor tão puro !. . . Formosa,...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF