Historia de Portugal restaurado ...: 1662-1668

Capa
Domingos Rodrigues, 1759

No interior do livro

Outras edições - Ver tudo

Passagens conhecidas

Página 531 - João por Graça de Deos Rey de Portugal e dos Algarves daquem, e dalém, Mar em África Senhor de Guiné, e da Conquista, Navegação, Commercio da Ethiopia, Arábia, Percia e da índia etc.
Página 542 - Reis perdoão a culpa a huns, ea outros Vassallos em virtude deste Tratado, havendose de restituir as fazendas que estiverem no fisco, e Coroa ás pessoas ás quaes, sem intervenção desta guerra havião de tocar, ou pertencer, para poderem livremente gosar delias; mas os frutos, e rendimentos dos ditos bens até o dia da publicação da Paz ficarão...
Página 534 - Y declaro, y doy mi palabra Real que todo lo que fuere hecho, tratado y concertado por vos el dicho Duque de...
Página 531 - Patente de approvação, ratificação, e confirmação virem, que nesta Cidade de Lisboa no Convento de Santo Eloy em os treze dias do mez de Fevereiro deste anno...
Página 537 - Lisboa,aos quatro dias do mez de Fevereiro. Luiz Teixeira de Carvalho a fez, anno do Nafcimento de Nofso Senhor Jefu Chrifto de mil e íeifcentos fefsenta e oito. Pedro Vieira da Silva a fiz efcreyer. O PRÍNCIPE. Carolus Secundus Dei gratia magna: Britam» , Fránciae , & Hyberniíe Rex , Fidei Defenlor , &c.
Página 543 - A nno que reciproca , e infeparavelmente tem com a de Inglaterra , poderá entrar á parte de qualquer liga...
Página 543 - D. Nuno Alvares Pereira Duque do Cadaval, D. Vasco Luiz da Gama Marquez de Niza, D. João da Silva Marquez de Gouvea, D.
Página 532 - Tavares da Silva Conde de Miranda, e Pedro Vieira da Silva como Plenipotenciarios de Sua Magestade de Portugal. E Duarte Conde de Sanduich Plenipotenciario de Sua Magestade da Gram Bretanha Medeator, e Fiador da dita Paz, em virtude dos poderes seguintes.
Página 521 - Coroa ; e obedeceremos em tudo a seus mandados e "juizos no alto e no baixo, e faremos por elle guerra, " e manteremos paz a quem nos mandar, e naõ obe" rleceremos nem reconheceremos outro algum Rei e
Página 142 - TomaraÓ-íe oito pecas da artilharia , que e rã 6 todas as que trazia o exercito, hum morteiro , grande quantidade de armas, mil e quatrocentos cavallos >. que...

Informação bibliográfica