Imagens das páginas
PDF
[ocr errors][ocr errors][merged small][merged small]

|dito Padre Gonçalo da Sylvey|ra,& afim procurava com to

|gos que lhe déram, nem admi

Partefigada Livro...CLXXXXVII. 273 |

timado)alcançamos o que com fer muy devido, tambem era muy defejado. 3 A o Padre Nuno Maf carenhas focedeo nete fancto

Luis Lobo,natural de Lisboa, feu primo com irmam, porque foy filho de Dom Ioam Lobo Barám de Alvito, & Veador da fazenda delRey D. Sebatiam, & fua mãy foy Dona Leonor Hériques, irmã de Dom Vafco Mafcarenhas,pay do P. Nuno Mafcarenhas,& ambos ficavam netos do Capitàm dos Ginetes Dom Joâm Mafcarenhas. Ete Padre Luis Lobo foy hum dos mais nomeados, & exemplares

Religiofos, que teve eta Pro

vincia,principalmente em mor

tificaçam, & deprezo proprio: foy muy devoto do nofoben

das as véras imitalo no defpre. zo de fua pefoa, na verdadeyra abnegaçam de fua propria vontade, & em penitencias publicas,que com muyto goto fazia, fendo o primeyro em hirá cozinha, & em officios mais humildes decafa; & como era homem de natureza forte, & rija, & de grandes forças, todas exercitava contra fy mefmo, fazêdofe continua guerra, femtomartregoas, em rezàm dos car

exercicio das doutrinas o Padre }

teve;de forte,que poucos havia mancebos nos annos,que o pudeflematurar, como de Acholio velho fancto diffe o bemaventurado Sancto o Ambrofio, • 4 Foy muy zelofo em ouvir confifioens, & nos dias de jubileos,ou de grandes concurfos,felevantava duas horas antes da communidade, pera ter fua oraçam, & dizer mifa; & logo em tangendo a levantar a communidade, acudia ao confilsionario, & aturava incanta vel,fem levãrar cabeça,ate nam haver mais pefoa nenhuma; & afim lhe focedia etar confef fando oyto, nove, & dez horas continuas,& ito muytas vezes,

[blocks in formation]

tir quartel por caufa da idade é

mas

# he exemplo de mayor edi

[ocr errors]
[ocr errors][ocr errors][ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors][ocr errors][merged small]

mas forças fe mortificava,& penitenciava,como feetiveffe no mais robuto de feus annos; acudindo fempre o primyro às obrigaçoés da cómunidade, cõ a mayor vigilancia,& fortaleza,q imaginar fe póde:atè 6 finalméte cortado com trabalhos da idade,da penitencia, da enfermidade,& dos governos(porque foy Reytor por vezes,& Prepofito) veyo a morrer em Evora, fendo Províncial, de idade de quafi (etenta annos. 5 Quando fazia as doutrinas,era muy ouvido,porque àlé de ter muyta virtude, tinha muyta graça, & fahia de repente com ditos muy avizados, & engraçados,com os quaes,entre os limites de toda a modetia,alegrava o auditorio . Pelas Corefmas avifava na doutrina aos pobres pedintes, & aos eferavos pretos que fe fofem confeflar com ele a Sam Roque, & tomava na fomana cértos dias,em que na crata os ouvia de confifam; tendo particular

|goto,quando fe via cercado de

pedintes,& de e(cravos, que o vinham demãdar; & etes eram os feus freguefes, & os feus devotos. Ete foy em fumma o P. Luis Lobo, de quem fizemos eta breve mençâm, por caufa da fancta doutrina, que com muyta edificaçam fez em Lif boa por muytos annos: delle ao

diante fe poderàm contar muy

tos exemplos de grande edifica- | çam,porque na verdade fua vida foy digna de andar na memoria dos vivos, & nos ......... dos mortos. |

6 A o Padre Luis Lobo fe

[ocr errors]

feguio, com a occupaçam da fezaidou

cana da doutrina, o P. Alvaro Pirez natural de Lisboa, q tambem foy illutre em fangue, & infigne em zelo; do qual faley já nete livro,no capitulo 26.& tambem exercitou ete cargo das doutrinas com muyta ap plicaçam, nam sò em Lisboa, mas tambem em Braga, fendo Reytor daquelleCollegio;morreo na cafa de Sam Roque, no anno de 1641. tendo de idade 72. fua morte foy fentidifima afim em cafa,como na cidade, & no Reyno todo, aonde era igoalmente conhecido, & amado. 7 A o Padré Alvaro Pirez focedeo o Padre BentoFernandes,religiofo de grande innocécia, & de vida inculpavel. Leo muytos annos humanidades,com muyto louvor,leo Philofophia,& Theologia, foy infigne Efcriturario, compoz, & e tampou tres tomos fobre os Genefis, & compoz hum fobre Sam Lucas,& muytos mais cõpuzera,fe a morte o nam levàra de feffenta & feis annos,neta caf de Sam Roque; muyto fe poderà ao diãte contar de tam virtuofo Padre, & de tam exé

trinas em Lisboa.

[ocr errors]

plar

P. Benfo Fernandes fez as dou trinas muytos 4/7/705,

[merged small][ocr errors]

Partefganda. Livro ano. CXXXX III Ei =

plar fogeyto; eu me contento com tocar delle sò duas coufas: feja a primeyra,que compoz,& imprimio etes tomos (que farm muy louvados,& etimados) acudindo fempre com o me{mo cuydado,como os outros,às occupaçoens ordinarias do pulpi. to,& confiffionario, que he boa confusám,pera os que, cõ qualquer capa de occupaçam, logo querem gozar moradia de privilegiados,& ter praça de apofentados. A fegunda coufa feja, que foy devotifimo da Virgem Maria fenhora noffa, como fe via nam fómente em feus fermoens,& doutrinas, nas quaes nam cefava de encomendar, cõ os mayores affectos de fua alma, a devaçam deta Senhora; mas tambem em feus livros, os quaes todos dedicou a eta foberana Princefa, fem tratar de outros Princepes da terra, aonde tinha por patrona eta Rainha da gloria.Ome{mo nos motrou netas fuas obras, nas quaes nam acaba capitulo que nam o feche com algum louvor

|deta Emperatriz dos Anjos, &

&he admiravel o engenho cõ que metia, & fempre muyto a propofito,etes dignifsimos louuores,que na verdade aonde ha amor,& boa vontade, núca faltam palavras pera dar louvores, & logo fe acha traça pera os embutir. Fez as doutrinas pe.

las ruas de Lisboa,com grande

[blocks in formation]
[ocr errors]
[ocr errors][ocr errors]
[graphic]
[graphic]
[ocr errors][merged small][merged small][merged small]

o mefmo Padre Ignacio Mar

tins, fendo já da Companhia, pela grande devaçam que lhe tinha,fez muytos donativos de frontaes,vetimentas, & outras peças(que eu nella vi, com as e(crituras,& doaçoens autenticas) alcançando outras boas efmolas,pera eta ermida. 2 Socedeo,que no principio do anno de 1572.fe fez cõgregaçam provincial por caufã da morte do bemavéturado P. Francifco de Borja, terceyro Gèral da Companhia, a qual fe teve no nofo Collegio de Evo. ra(por entam ally affitir elRey Dom Sebatiam, & o Cardeal

Infante, os quaes motràram

etava recolhido em húa érmi

goto defe fazer a cõgregaçam, naquella real cidade.) Neta congregaçam foy eleyto o P. Ignacio Martins pera hir a Roma à criaçam do novo Gèral: à volta veyo por Padua,& vifitou o fagrado depofito de feu grande avogado Sanóto Antonio, illutre Portugués, mayor fancto entre os Padres Menores, gloria de toda a Lufitania,&a mais conhecida grandeza, entre as mais celebradas que goza fua nobilifsima patria Lisboa. 3 Nam fe pôde facilmente crer o notavel abalo, que teve em fua alma, quando,entre as fagradas reliquias detegrande frade Menôr, vio frefca, & inteyra a lingoa daquelle prégador da verdade(& já S. Boaventura o teve outra femelhante boaventura de fentir em fua alma com eta vita efeytos fobrenaturaes,& movimentos divinos) dally fe refolveo de imitar muyto de vêras ao Sancto Português,particularmente naquelas virtudes,por onde o Senhor lhe quiz confervar a lingoa incorrupta,que parece foy

por fertam grande metre da

virtude, & pregador da verdade. Vindo a Portugal logo mudou o etylo no pulpito, porque fendo dantes muy culto nas palavras,muy polido, & cortefâm nos difculfos (como quem tratava nam sò de prègar na corte, mas tambem de contentar aos

COrte

[ocr errors][merged small][ocr errors]
[merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small]
[ocr errors]

T

ninos,

_____

« AnteriorContinuar »