Imagens das páginas
PDF
[ocr errors][merged small][merged small][merged small][ocr errors][ocr errors][ocr errors]

A

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

o exerticio da vida ccaleMajlica, ou |

vendi * # regimine fermo inciderir,4

[ocr errors]

"profijam da vida mais famíla)program com cujdado exercitar fias

a finas obras combenignidade,9 hu

|ximidade com os Reverendos Padres

# Campanha de IESVS, honrando, # venerando com todo o favor, Gr

[ocr errors]

cular,mas tambem a Companhia toda;

[ocr errors]

vira circunficcçam, fim dentro, co

[ocr errors]

ide/alor defeu finita inflituto, modo

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

---

mos;@r pera que eles me/mos experi|mentemem nos oficios de grande charidade,Gy entranhas de beneidencia, como convém a varoems Apofolicos,nos quaes ainda, que nem fompre {ja o mo/mo juizo no fentir, com tudo convê | que nunca falte a me{ma vontade, o me/mo corajam,Cr a mo/ma alma em o Senhor. • o 16 Em grande obrigaçam nos puzeram os Reverendifimos, & Sapientifimos Padres

[ocr errors]

|Dominicanos, & em epecial

feu gravifsimo Metre Gèral Fr. |Thomas Turco, com tam reli|giofo, &tam abonado decreto; |ao qual procuramos fempre fa

tambem por comprimos outra "femelhante obrigaçam, que temos pôtaoporinofo Reverendo Padre Géral Claudio Aquaviva,do qual temos hum preceyto em virtude da fan&ta obedien

va,& pativa,contra todo aquel

le Religiofo da Companhia,que falar mal da figrada Religiam doutrina,& vida fancta; pera q nam haja entre nôs quem fe a

giim que tantos louvores merece no mundo todo. 17 Agora tornaremos a continuar com as coufas do Infante Cardeal, dó qual nos devirtio

cia,com privaçam de voz aóti

de Sam Domingos; ou de fua |

treva a vituperar huma Reli

nho dograndi/simo amor que lhe te-

[ocr errors][ocr errors]

tisfazer; nam sò em rezàm do | muyto que reconhecemos nef> |tes doutifimos Padres, fenam

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small]

| CAPITV Lo XXXIIII. |
, , , , , ||vetifem a oppa real de borca-
Como o Cardeal Dom Henri-|
| cutumam vetir os Reys de
| Portugal(como fenam quizefe
* * * |vetir galas, quando tantos tra
|detomafeucorpo f) fpultado,
E achado enteyro; 3 das |

que fy jurado Ryde Portu-
galdefinfantia morte, &#

luaspartes do que fy
ditado.

# o que netes Câ## pitulos breveméobrigaçoens temos os filhos de San&o Ignacio a ete nofo in:

mo defenfor da Companhia to-
da, & em e{pecial do Collegio
de Evora,aonde,entre os nofos
Religiofos, hia quietamente
pafando os annos de fua fancta
velhice: quando por occultos
juizos de Deos, focedeo em 4.
de Agoto de 1578, a muy la-

| mentavel perdade feu fobrinho

elRey Dom Sebatiam em Afri

deram o juramento, nem nas

habito de clerigo, nem os cuf||tumes de fanáto.

|rim em rézâm da pétc, que álê |
|| da perda em Africa, tambem
| perfeguia o Reyno em Lisboa.

te apontey,bem fe |
* vé quam grandes
jefperavam a ete canfado Rey-

figne bemfeytor, & benignifi-
|idade de 68 annos depois de

ca: & porque o Reyno vinha |
por direyto ao Cardeal, como
unico filho vivo delRey Dom
Manoel,feveyo logo d'Alcoba- ..., ...!
ça aLisboa,aonde foy acclama- #
do Rey, mais com lagrimas, q Rey
com vivas; & nem quando lhe

Cortes que fe começaram em
Lisboa no mes de Abril do an-
no de 1579 quiz côfentir q lhe

do, que em femelhantes aétos

ziam luto)nem deyxou nunca o

2 Retiroufe pera Almey

E finalmente moletado com
grandes defgotos, vêdo as per-
das,& trabalhos prefentes, &
prevendo outros mayores, que

no; veyo a morrer fanctifima-
mente em Almeyrim, fendo de

reynarhum anno & finco me- Morte del fes; focedeo fua morte no anno Rey D.

| 158o.no ultimo dia do mes de rique. } Ianeyro,que foy o me{mo dia

em que naceo: dipondo Deos
nofo Senhoras coufas de ma-
neyra, que naceffe filicifima-

mente no céo,no me{mo dia em
que naftéra na terra,defcreven:

do

[graphic]
[ocr errors][ocr errors]

fino circulo de fuas muy exemplares virtudes, como tambem

lemos de outros muytos varoés

celebrados no mundo, entre os quaes he notavel o cafo daquel

les dois Sanctos irmãos, Giral

[blocks in formation]

perder o mundo a fermofa luz

bou com grande paz, & tran

em fu perfeyto juizo, como quem fempre o teve tam acerrado nas coufas de fua falvaçam;recebeo os Sacramentos,q (e requerem naquella occafiam, & teve todos os mais bons apparelhos neceffarios, como fe e perava de hum Princepe tam exemplar, & de hum Prelado tam fanéto. • 4 Foy fepultado em Almeyrim,& quando no anno de 1582 por ordem delRey Dom

grande ecclyple, a qual parece que do modo, que melhor po

|do feus rayos, encubrindo fuas mantQ tenebrofo, & chorando dete replandecente fol. Aca

quilidade de fua alma, fempre

[ocr errors][ocr errors][merged small]

do em fua vida hum perfeytif , Philippe o Prudente, feu (obriinho, lhe abriram a Íepultura | i(pera o tresladarem pera o real

moteyro de Belèm) lhe acháram,com admiraçam de todos, | o corpo enteyro, & incorrupto, quebé era nam entrafe a corrupçam no corpo de quem foy

za depois da morte, quem foy | tamamãte da pureza fendo vi | vo. E porque o amor que ti...

nha à Companhia era tam grã-}

como Rey que era, havia de fer fepultado no dito moteyro(que | elRey feu pay tinha edificado| pera fepultura dos Reys de Por

to que lhe tresladafiem alguma parte de feu corpo,pera a fepul

| de morto,com aquelles Padres, a quem tanto et

vora tinha feyta,como fe entam | defcançaffe mais quietamente,

te do corpo junto, ainda depois

inâra fendo vivo. . . . . .

- 5 Ito fe em 14 de Dezembro do anno | de 1582. em que hindo o Padre Leâm Henriques feu confeflor | (que fabia da vontade delRey)| a Almeyrim, tirou,em prefença | de tres Religiofos nofos de au

[blocks in formation]
[ocr errors][ocr errors][merged small]

tam incorrupto na jultiça, & q | tiveffe o privilegio da inteyre |

[ocr errors]

ficando ao menos com húa par

deo à execuçam * •

dou com a decenciá, & apparatO

[merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small]

Parte Joganda. Livro quinto. Cap. XXXIIII. 4o9

to conveniente ao Collegio de Evora,certificando em húa fua carta pera o Reytor delle o Pa dre Pero da Sylva,que o feudefejo fora mandarlhe a cabeça, ou o coraçam,poré q por achar o corpo inteyro,fenam atrevéra Mas namo carece de myterio, trazerfe a feu Collegio hum pê, , cô q tomafe delle pôfe,depois.

que as emprezas deteCollegio.

[ocr errors]

feyto afepultura,& nella fere# húa cayxa forrada de fetim car

[ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

exemplar, muyto modeto, &

lhido & vergonhofo. Foy muy devoto de Chrito Senhor not:

demos tomar o bom agouro de |

[ocr errors]

perar o bom logro dos Religiofos que nelle entraré, dos quaes | podemos dizer, é entraràm cõ |

pêdireyto. Abriofe pera ete ef-
e depofito,metido em |

mezim, regoardada com ou | • { tra de madeyra , na qual fe

[ocr errors]

do de grãdes virtudes, foy muy | compofio;& como delle tetifi

ica Damiamode Goes, era defua | condiçam naturalmente enco=|

fo da Virgem Sanctifina fuo |

[blocks in formation]

Evora a devota imagem de hú Sancto Crucifixo, que ele tirou, pelo meyo das chamas, do fogo, que huma vez, por defaf. tre,feateou em a fua capela interior,que tinha dentro do nofo fo Collegio de Evora; efquecendole de todas as mais alfayas da cafa, por fe lembrar delta peça do cêo; repeytando aqui o fogo a feu creador, & nam fazendo mal algum ao Cardeal; acudindo Deos por quem por ele acudia. 8 Foy no trato de fua pef foa muyto fevero, & nada mimofo; porém com os outros mais foy notado de brando, que de rigorofo, & afim era mais inclinado a perdoar, que a catigar; nem dava catigos grandes, fenam com grande confideraçam; a muyta feveri| dade (como bem diffe o Sene| ca) perde com a continuaçam a autoridade; &nam fey por| que occulto fegredo vemos,que os erros que mais fe catigam, efes mais fe commetem; & da maneyra que algumas arvores quando mais cortadas, entam mais crefcem , afim da me{ma forte a feveridade tal vez acrefcenta os erros, que | pretendia tirar; donde vem por refoluçam dos mais fabios,oque

mãy, & de fuas imagens fagra

[ocr errors]
[ocr errors]

a infica moderada emmenda, Mm - & a

[merged small][merged small][merged small][ocr errors]
[merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small]
« AnteriorContinuar »