Imagens das páginas
PDF
[merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][ocr errors][merged small]

era Prepofitogêral de nofaCóJas riquezas fingidas do mundo

[ocr errors]

& quatro annos em toda a fua |

[blocks in formation]

fendo Rey,lhe fazia força pera a aceytar;querendo, como verdadeyro religiofo fahir tampobre daCorte,como entrára,prezando mais os thefouros efcondidos na pobreza humilde, que

enganado:por mais multiplica

|das que fofem as hidas ao Pa

|reniffimo Cardeal morava em | S.Bento de Enxobregas; ou nos

ço, empre andou a pé, com hú Irmâm por companheyro;& if to goardou ainda quando o fe

Paços de Enxobregas, que he

• Tendo parentes da melhor fidalguia do Reyno, q pudéra acre(cétar cõ grofas rendas,& grandes dignidades (pelo muyto que o Princepe. lhe deferia) núcafe pode acabar com elle que intercedefe por algü, dando por rezám que nam deyxàra o mundo pera na Religiâmfer procurador de feusparentes,em coufas temporaes, &

que nas efpirituaes nunca lhes

falta

+

[merged small][merged small][ocr errors][ocr errors][ocr errors]
[ocr errors][ocr errors][ocr errors][ocr errors]
[ocr errors]

|venipacem dizia, que vinha ao mundo a

nem aduer

Parte figunda. Livro Quinto. Cap. XXXHTIII. =>

faltaria. Foy tam admiravel, & tam raro efte defapegamento, que os mefmos parentes fe vieram a perfuadir,que o Padre Leâm Henriques lhe defwiava, & impedia feus bõs defpachos; afim lho lançou em roto, certo fidalgo grave (obrinho feu, que vindo o Padre do Paço,lhe diffe com grande indignaçam, Padre Zom Leim,lembrevos que vo/ fosparentes/am proximos, @r que cafou vo/o/obrinho,lembrevos, que fême nam fizerdes bem, ao menos mam mefaças mak&potoque eles fe enganavam em cuydar que o Padre os encontrava, acertavam em dizerem que os nam favorecia. Em que confeffor de Princepe, ou em que valido de Reyfe acharà hoje tal refoluçam, & odio fancto a feusparentes? Raro,& efpantofo exé. lo fem duvida foy ete: porèm eta Philofophia nam a entendem,fenam os verdadeyros dif. cipulos daquele o Metre, que

meter odio entre os parentes,&

|"#due nam viera a trazer paz, fe

nam pera a pregoar guerra:mas muyto poucos dos que fim va

ritativo pera com os pobres, & pera eftes havia muytas efirolas do liberalifimo Princepe, o qual mandou dividir por fua ordem aos pobres da cidade de Evora,como em quadrilhas, acudindo a todos liberal, por meyo de feu charitativo confeflor. Sò pera os pobres, &

cès ao Sereniffimo Princepe, & ainda que foram muytas as que nos fez cõ karga vontade,& real magnificécia, muytas mais fize. ra,{e a mode(tia do P.Leám H3 riques as permittife, poto que ele lhe pedia muytasvezes po unica mercè,que nam etimafio a Companhia por amor delle, fenam a ele por refbeyto da Companhia, pois a ele nada fe devia,& tudo à Companhia6 Fezfe,como jà toqueyatraz e no anno de 1572.a quinta Cõgregaçam Provincial, pera

pera a Companhia pedia no C ("- |

[ocr errors][ocr errors][ocr errors]

fe tratar dos que haviam de hir

Borja , & como entam morava

lidos ouvem ete pregám, pois |vemos, que o me{mo he mon|tarem elles,&luzirem os paren

tes,malquitãdo o Princepe,por enriquecer teus aliados.

lico varàm tam ifento pera feus • " " pera 1 parentes,era notavelmente cha

5 Porém fendo o Apolo. |

no Collegio d'Evora o Cardeal Infante, & etava na me{ma cidade elRey D.Sebatiam,&motràram goto de que naquelle Collegio fe celebrafe a Cógregaçam, os Padres o ordenáram afim:era Provincial o P. Iorge |Serrám, & nella fe juntaram todos os profeffos de quatro vo tos Superiores, & procurado

[ocr errors]
[ocr errors]

"res da Provincia, em Innevro

Oo 3 de

[graphic]
[graphic]
[graphic]

|quaes favores ele ufou com to

Prepofitogéral procedeo com

| valor,porque fabendo que que

de 1 572. foram eleytos pera hir a Roma o Padre Miguel de Torres,&o Padre Luis Gõçalves da Camara, que entam era metre,& confeffor delRey Dõ Sebatiam; & porque motrou elRey fentireta auzencia, em feu lugar,foy eleyto o P. Pero da Fonfeca; & porque adoeceo o Padre Iorge Serràm Provincial, foy em feu lugar a Roma por Vice-provincial o P. Leâm Henriques. Muyto fentio o Se

renfimo Cardeal, haver de ficar aquelle tépo fem ofeu prezado confeflor,porêm o grande proveyto,que defua hida podia

refultar a toda a Companhia,"
|procurou o Padre Leam Henri-
|ques por via de Sua Sanctidade
]impedir a eleyçam das pefoas,
em quem fe falava; & como

lhe fez levar melhor eta auzé

cia;& pera mayor authoridade

do mefmo Padre, e{creveo o Augutifimo Princepe ao Sanéto Padre Gregorio XIII, dandolhe a conhecer o PadreLeám Henriques, & os grandes dôtes

do céo,que nelle concorriam: a eta informaçam refpondeo a honra,que o Summo Pontifice lhe fez, o qual mandou aos porteyros do feu facro Palacio, que a qualquer hora defem livre entrada ao Padre Leâm Henriques pera lhe poder falar; dos

da a moderaçam, & humildade. 7 . Na eleyçam do novo

feu cutumado zelo, & grande

ria eleger pera Geral hum de dous Religiofos,nos quaes febé concurriam muytas, & muy illutres partes,faltava huma muy principal: &levando ele muy encõmendado de Portugal, que nam fofem admittidos na Cõpanhia os que tivefem aquela tacha, mal podia aprovar nelles femelhante eleyçam de gèral, & afim refitio o Padre, como generofo Leam, & finalmente prevaleceo ofeu parecer, deyxando as pefoas de quem tratavam, & efcolhendo outra, q mais convinha. 8 Houve porém grandes difficuldades nete negocio, &

nam era bem que exprefiamente fe nomeafsé etas,mandandofe que os nam elege{sem (porá fe lhe faria grande affronta,fem elles a merecer) & como por outra parte havia trinta & dous

[blocks in formation]
[merged small][merged small][ocr errors]

rer que daquella vez nam foffe

eleyto em Geral nenhum Padre He{pa

[ocr errors][ocr errors][ocr errors]
[ocr errors]

|lhanos,com tudo fe alcançou o

Parte fogunda. Livro /unto. Cap. XXXVIII. 439

Hefpanhol, nos quaes etes fe incluiam: o que poto que foy muy fentido pelos Padres Caf telhanos, porque tomâram por afronta propria, o que fe fazia com outro fim; & ainda que houve por parte de fua Sanctidade modificaçam deta lua ordem, quando foube do grande fentimento dos Padres Cate

intento,de nam fahir por Géral nenhum d'aquelles fogeytos,& afim foy eleyto o Padre Everardo Mercuriano, Framengo, do País de Liega,que tinha fido Afidente do B. Padre. Francifo co de Bcrja, & era varam de grande religiam,inteyreza, & | prudencia.

9 Etahitoria, por diferentes termos,conta muy largamente o Padre Pedro de Ribadeneyra,o no capitulo primeyro |

Provincias de Helpanha da Cõpanhia de IESVS (que anda ef crita de mam) & culpa muyro ao Padre Lcám Henriques, como (e ele impedifle a dita eleyçam,em ôdio da naçam Hepanhola: porêm a verdade he o 4. temos contado,porque nos cõ{

ta por coufa certa que o Padre, # & paflando por Coimbra,

Leãm Henriques nete negocio

nam condenava a naçam, mas contamos, quando lhe falou o reprovava certo inconveniente | Senhor Sacramentado, & d’ahi |

| herdou de feus pays. do livro fexto da Chronica das | foy outra vez Reytor do Colle|gio de Evora, & revolvendo e o

guerra,que por caufa da morte

vefle acerto na eleyçam do Gèral, na qual nam procedia por payxam,contra algús, mas com defejo de acertarem todos, pela caufa que tenho dito,que fabemos muy evidentemente os %2% da Província de Portugal, & fe ", fo of gal; Creveo o P. o Padre Pedro de Ribadeneyra, Riladetivefe dito a verdadeyra noti-meyra. cia,que nôs temos,poderia perdam ao Padre Leám Hériques, afim como diz, que o Padre o pedio na Congregaçam;porque na verdade as refitencias do Padre Leâm Henriques, nam eram contra a pefoa do Padre Metre Ioám de Polanco, co mo diz o Padre Pedro de Ribadeneyra; a outro fim atiravam fuas diligencias, que bem póde acontecer contentarnos bum homem pelo que tem de fy, & defagradarnos pelo que

1o Tornando a Portugal

Reyno com as tormentas da

d'aquelles fogeytos: nem pretê- • dia, que na Congregaçam hou.

delRey Dom Henrique, focedèram,fe retirou à Provincia de Entre Douro & Minho, aonde foy Reytor do Collegio de Bra

lhe fucedeo o cafo que atraz

finalmente (e recolheo a Sam
| • \
| Roque de Lisboa,aonde frota-

|
mente morreo, como veremos.

vefe alvorotos, fenam que hou

Oo 4 Ein

[blocks in formation]

grande generofidade fe punha em campo cõtra qualquer perfeguiçam (que detas batantemente fomos vifitados) & hña vez affirmou, com grande efpirito,que ainda que vieffem fobre ele todos os trabalhos do mundo, & perfiguiçoens do infeudoam deyxaria de acudir pela honra de fua muy amada Religiâm a Companhia. Sobre

OS principaes aísúptos das praticas que fazia na capella afeus

mor a fua vocaçam,& proceder como filhos de Religiam tam fanéta; & [em eloqueneia de palavras muy apuradas,fem largos arrezoados de futis conceytos, & fem o concerto de difcurfos enfiados,sô como fervor de feu abrazado efpirito,&com o fogo de feu infiámado zelo, rompia em lagrinas, & em foluços,fem poder paffar avante; & talvez lhe focedeo (praticádo na capella do Collegio de Coimbra, em huma noyte de Natal)ler tal o fogo de amor, 4

peto das lagrimas que lhe faltàvam pelos ólhos,&tam notavel o abalo no auditorio, que parádo com as vozes, dally por diã. te falaram as lagrimas; & pondofe de joelhos com os prezen

fubditos, exhortandoos a ter a-|

[ocr errors]

Grande a mor q fi mha asceu

eta materia eram fuas ordina-fas da corias converfaçoens; etes eram panhia.

tes,deyxou ele sò de praticar,

& continuàram todos a chorar;

até

« AnteriorContinuar »