Imagens das páginas
PDF
[ocr errors]

Partem efe annoperaa India doze Religio/os da Compa| [nhia, em confequencia do Pa

triarcharefêrefo huma carta, | que o Infante Dom Luisnefta "trafianofrevo ao V{rry

da India Dom Pedro
Mafarenhas.

# M quanto o Pa

[ocr errors]
[ocr errors]

* dava porEthiopia

[merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small]

| de

tomando noticia daquelle Imperio, & vêdo a dípofiçam que

Patriarcha; em Portugal nete |

na India. Os principaes detes |

Anno de — • dos lucceflores do Patriarcha,
Chrfio de CAPITV L O X. & em Goa havia de fer fagrado
I 555. com titulo de Bipo de Nicëa:

o outro era o Padre Antonio S## quem tambem dey alguma noticia, o ambos nobremente nacidos,de muytas letras, & de muy approvada virtude. 2 Todos elles recebèram ete avifo com grande contola

[ocr errors]

mais pretendentes, os quaes ao

| menosfe confolavam com as ef.

[blocks in formation]

como

[ocr errors][merged small][ocr errors][ocr errors][merged small][ocr errors][ocr errors]
[graphic]
[graphic]
[graphic]
[ocr errors][merged small]
[ocr errors][merged small]

|fua fraqueza,mandando q nam

foffe aquelle annopera a India,
o álogo feexecutou, por mais

ue elle,& o Padre Provincial
Diogo de Miràm alegavam,
com o parecer dos medicos (4
nito fam muy liberaes)de nam

de tenhor tratava as coutas de-
ta fua minima Companhia....

a mâm ao fenhor Infante Dom
Luis, que juntamente com o
Cardeal Dom Henrique,fe ale-
grou notavelmente com a vif
ta de taes fogeytos, aos quaes
nam levava à Índia defejos de
ganhar riquezas do Oriête,mas
ozelo de levar almas ao cèo;&
voltando ofereniffi no Infante
pera o Cardeal feu irmãm,com

[ocr errors]

haver perigo em fe embarcar, |
& partir pera a Índia: tal era a |
|providencia, &tam particular | Abril,em a armada, que aquel
|ocuydado, com que ete gran-
|va de finco muyto fermotas

Foram tambem beyjar |
filho de Dom Diogo de Soufa,
Alcayde mòr de Tomar, & |

|fa Senhora da Barca hia o Pa

| outro Sacerdote, & hú Irmám,

os ólhos arrafados em lagrimas

de confolaçam lhe diffe, que
até aquelle ponto nam tinha |
vito tam bom focorro pera a
India. O mefmo focedeo à In-

prazer vêdo a alegria com que

[ocr errors]

aquelles fervos de Deos fedef

terravam pera partes tam re-o

montadas,fem outra e{perança

mais,que o bem das almas; & |

querendo fazer participante à
Infante Dona Maria, lhe man-
dou recado, & ambas juntas fes
confolavam muyto por ver tã-
tos fervos do Senhor tam apof
tados a pafuros mares,& a def
prefar luas tormêtas, pela muy
ta etima que faziam da falva-
çam dos proximos. Depedi-
dos das pefoas reaes,fe embar
càram,& deram à vela aos 25.
de Março,como diz Diogo d
Couto,oou como acho em nof
fas lembranças,ao primeyro do

le annofoy à India,que conta

naós, das quaes era Capitâm
ròr Dom Leonardo de Soufa,

comendador de Sancta Olaya,
cuja Companhia,em a nao nof

dre Antonio de Quadros, com |
os quaes neta comprida nave-
gaçam tiveram muytas occa-
fioens de motrar os finitimos
quilates de ouro de fua ferven-
te charidade.
· 5 Ouve neta nao doen-

fante D.Izabel, que chorava de ligiofas,affitindo os tres religio

as muy repetidas, & contan

& de Dona Izabel de Lima,em |

[ocr errors]
[ocr errors][merged small]

fos aos enfermos com grande

[ocr errors][ocr errors]
[ocr errors]

-Anno de
Chrfio de

Charidade do P. 4 71tonio de

Quadros.

cuydando, recolhendo em feus mefmos camarotes,os q etavam mais perigofos, efcolhendo elles entre tanto por cama as taboas do convèz da nao: aqui lhe aconteceo ao Padre Antonio de Quadros,que recolhen. do hum dia em feu apofento a hum foldado enfermo, & frenetico,& etandolhe huma vez af fitindo, fe levantou o doente com a força da febre, & faltou no Padre,tratando de o matar aos couces; acodiram os vifinhos,& com trabalho o tiràram das mãos,& dos pês do frenetico,edificandofe muyto de ouvir dizer ao Padre,que etimava verfe pifado com os pès por aquelle,a quê por amor de Deos trazia nos braços. •

6 Gatava o fervo do Senhor tanto tempo netas obras de piedade,que nem pera rezar | as matinas lhe ficava tempo,fenam muyto pela tarde, mas né por ifo largava as prégaçoens dos Domingos, & dias Sanctos; potoque lhe aconteceo muytas vezes etar o auditorio efperãdo,que acabafe de dar a mefinha ao doente,pera vir prègar aos faõs. E com ete aparelho, fem outros livros mais que o fogâm,& a enfermaria,cotumava a dizer depois,que foram aquelles os melhores fermoens, que

em toda fua vida fizera, qtam eloquente he a mifericordia, & tam fabia cotuma fer a chari

dade. E como o tempo da navegaçam fe etendefe,& a falta do neceffario crefcefe naquella nao,perfuadio o Padre aos mais ricos, que acodifiem aos miferaveis, & logo o mefmo Capitàm mòr tomou à fua cõta dar mefa a muytos pobres (comendo també o Padre entre elles) o me{mo fizeram á fua imitaçam os fidalgos da nao, & os q (e achavam com mais remedio. 7 Por eta grande piedade, & merecimentos do Padre Antonio de Quadros, he de

crer,que livrou Deos a nao de |

hum grande perigo, em que ef teve metida na ponta da Ilha de Sam Lourenço, nos bayxos, que chamam de Sam Romám, aonde a agoa arrebenta mais de trinta & quarenta lanças em alto;nos quaes bayxos, navegãdo a nao por aquelle rumo,que levava,antes de meya hora havia de dar, fe Deos milagrofamente, como parece, os nam avizafe por hum homem, que hindo pefcando,a cafo advertio no perigo, & bràdou a toda a prefa & como a nao hia com todo o pano folto, quando foram etingar as vélas, & querer arribar, jà etava em fete braças de agoa, demandando ella ao menos finco. Foy Deos porém fervido de acodir por ete modo,livrando de tam manifefto perigo aos q hiam naquella

[ocr errors]
[ocr errors][ocr errors][ocr errors]
[ocr errors][ocr errors][ocr errors][ocr errors][ocr errors][merged small][merged small][merged small]

nao,& goardando a ete gran-
de fervo fea, pera os muytos
frviço que######
como fedo veremos, em capi-
tulo particular. * #; #
(da qual era Capitam Francif
co Figueyra #### #
de Gonçalo Figueyra, Álcayde

o Padre Melchior Carneiro,
de quem já atraz fizemos men-
ção, primeyro Reytor do Col-
legio de Evora, varám de muy-
ta virtude, grande humildade,
conhecida prudencia,& de no-
tavel refoluçam nas coufas de
perfeyçam,& • ferviço de Deos.
Foy fagrado Bipo em Goa cõ
titulo de Bifoo de Nicèa, pera
acompanhar;& foceder ao Pa-
triarcha DõIoàm Nunez Bar-

[blocks in formation]

8 Em à nao Sam Philippel

reto nas terras de Ethiopia, da : ;

lo Summo Pontifice, & da fac-
cefam do Patriarchado, pelas;

entre exceffivos, & epantofos
trabalhos vivéram,& acabàram

| com o illutre Patriarcha de
| Ethiopia Dom Andrè de Ovie-
do nas terras do Abexim,como
adiante (e dirà.Hia mais em ef-l
ta nao hum Irmâm; & todos
| tres, trabalhàram nella como |
môr de Benavente, grande af: | -
feyçoado,& devoto do Sancto |
Padre Francifco de Xavieilhia |-

valentes foldados de Chrito.

[ocr errors]

que chamavam Algaravia ave-
lha,de que era Capitàm Iaco-

[blocks in formation]

dos proximos.
1o. Em a nao conceyçam,

que por outro nome (e dizia
Algaravia a nova, de que era
Capitám Frãeifco Nobre,hiam
outros tres Padres, a faber o P.
André Golçalvez, natural de
Medina del Campo,grande fer-
vo de Deos PalchoalCatellam,
&o irmam Afonfo Lopez Na-
varro,Theologo de muyto bõ
talento. Por etas quatro naos
hiam repartidos etes doze fer-
vos de Deos. A quinta chama-
da S. Pedro, de que era Capi-

tâm Vaíco Lourenço Barbuda,
nam levava nenhum nofo.De-

me de Mello, hia o Padre Iero|nymo de Cuenca Catelhano,

mengo,&hum Irmâm, que tã.
bem trabalháram em aquella |
comprida navegaçàm, como f |
e perava de tam apotados fer-
vos do Senhor, que com tanto |

TFT LETRICTX_I#7

ferhum dos finco religiofos, q "Anno da

Cpanhia
I 6.

[ocr errors]
[ocr errors]

Anno de
Christo de

[ocr errors][ocr errors]

tas finco naos as quatro chegáram a falvamento à India,porèm a nao Algaravíá a nova fez hum latimofo naufragio, q pede por fy capitulo particular, pelo muyto que os nofos tres Padres nelle padeceram, como logo contarey, # : ; 1 1 Mas nam he bem que nos efqueçamos de huma carta,que neta occafiam da parti

da detes doze religiofos nof>

fos efcreveo o fereniffimo Infãte Dom Luis à India ao Vitorrey Dom Pedro Mafcarenhas, grande feu amigo,a qual achey entre outros papeis, no cartorio de Coimbra, que etimey por huma joya preciofifima, & me perfuadi a e{crevela aqui toda por inteyro, por fere{crita nefte ultimo anno de fua fanáta vida,a quem todos os da Companhia devemos tam cordeaes lembranças,& affectuofas obrigaçoens,& por fer muyto pera ouvir,pelo grande avifo, com que nella,falando com o Vitorrey,mete o paço com o efpirito,& amoeftaçoens de amigo, pera fua cautela,com confelhos de fancto pera feu proveyto; a carta palavra por palavra he a feguinte.

[ocr errors]
[merged small][ocr errors][ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small]

hum cardeal deferrado do Reyno por a me/ma fato,porque oftefy, a quem

[ocr errors]

quanto mais valagraça divina, que o

[ocr errors]

Carta do InfanteD. Luis muy

ro avifada

2 deo a obediencia em nome do Papa.

E certo

---- |

[graphic]
« AnteriorContinuar »