Imagens das páginas
PDF
[ocr errors]
[ocr errors]

d Aug1.5. de Ciuit.ca.24. Illos, felices & beatos Reges iudicat chriftiana religio, qui fuam po tefatem ad Dei cultum maximè dilatandú,&c.

|breza, tem em fummo grao edi

em feu tempo, & com feu favor tiveram principio em Portugal; o exemplo dos quaes Religiofos na humildade, afpereza de vida, & fanáta po

ficado, & confolado ete nof fo Reyno, Eta foy a piedade, & o zelo dete piedofifimo, & zeloffimo Princepe; o qual muy bem merece o titulo,que Sancto Agotinho"2â aos Reys amigos da piedade, & das Religioens, chamandolhes, bem aventurados. .. ..., a

[ocr errors]
[blocks in formation]

nelle o que diz o Epirito SanSto, o que afim como o fre(co orvalho da menhã mais ferena, faz melhor crefcer a herva do prado, afim o bom agrado, o fembrante alegre do Rey benigno,faz crecer afeus vafallos com nôvos alentos, falos tomar efpiritos, & falos ganhar melhores brios. 2 Parece que nam tinha mayorgoto, que em perdoar, & fazer bem; &poto que nelle o braço da jutiça era igoal ao da mifericordia, com tudo imitava a Deos, no qual fen do igoaes os attributos na effencia, nos parecem diferentes nos effeytos; porque ainda que a jutiça divina pèza tanto, como fua mifericordia(pois

[ocr errors]

fam a me{ma coufa indivifivel, & nam podemos dizer,que nelle ha mais, nem menos ) com tudo com o Propheta Reyote

[merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][ocr errors]
[merged small][merged small][ocr errors]

• | die eius fu|mos licença , pera confiada|mente apregoarmos, que as mi

[ocr errors]

per omnia opera eius.

[ocr errors]
[ocr errors]
[graphic]
[graphic]

Leyantiga de marcar na face os ladroens.

da, a mais fraca, & a menos activa ; a mifericordia era a mâm direyta, a mais nobre, a mais valente, & a mais operativa. 3 Muytos exemplos nef. ta materia podiamos aqui referir; achavate todas as fetas feyras na Relaçam,& nam confentia fulminarfe fentença de morte,fem grande confideraçam, & queria que fempre foffe em fua pretença, lembrando aos juizes, que,antes de dar a fentença,advertifem quanto cuta a vida,& a criaçam de hum homem. Cõ eta mefina clemencia mandou que fenam goardafe a ley antiga de Portugal,que depunha, que os ladroens fofem marcados no roto; ordenando que lhe defem outra pena, & lhe puzefsé a marca, em outra parte do corpo, & nam no roto;

[blocks in formation]

como quem tratava de émmé

rar;& dando por caufa deta fua difpofiçam: que os taes podiam

nam convinha mandar affear

a face do homem, que por natureza he livre,com hum ferrete de tanta afronta. 4 Parece que aprendeo efte benigno legislador do mef. mo Deos,que querendo que feu povo fe detinguide das outras gentes, nam permitio que no roto trouxefe o final da circunfifam,porque,como judicio. famente notou Ruperto,o a circunfifam,poto que foy remedio de culpa, tambem foy ferrete de peccado, & nam era bem que fempre no roto humano, felefiem finaes de culpa,& !e vifem marcas de pec

[ocr errors]

|cados. Eta ha de fer a condi

[blocks in formation]
[ocr errors][ocr errors][merged small]

defcompuzéram com palavras

foltas

[ocr errors][merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small][ocr errors][ocr errors][merged small][ocr errors][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][merged small][merged small]

Parte f>ão. Livro fixto. Cap. LVI.

fer tanto a feu goto, entrou em |

com notavel importunaçam, & |

que toda fua vida fora trite fe]

[ocr errors]

do a outras portas a fim de lhe darem efmola, pafou de largo pela porta do paço; mandao o Rey benignifimo chamar, recebeo com bom agrado, pergütalhe com húa amôrofa queyxa, á mal lhe fizera aquella porta, pera nam chegar a ella a pedir efmola? dizendo ito lhe mandou dar huma boa efmola,com

Padres de Sam Francifco,que a viefem pedindo, por aquella rua. Tal era a benignidade def te grande Princepe,que fe dava por agravado, quando lhe nam ediam efmola. - 7 Ahnmfidalgo que veyo da India, tomàram na caía da India por perdidos hús bifalhos } de pedraria,que valeriam doze mil cruzados; & os levâram a elRey,dandolhe conta daquella tomadia, que lhe pertencia, por nam vir regitada; porèm elle.julgando que nem fempre feha de uzar do rigor das leys, mandou chamar o fidalgo, perguntoulhe muy amigavelmente, como vinha de faude, depois de tam larga navegaçam, & fe trazia alguma pedraria? Sim trazia,Senhor, repõdeo o fidalgo,mas os officiaes da cafadaIn

[ocr errors][ocr errors]
[ocr errors]

muyto bem: notroulha logo elRey,dizendolhe, heefta? E Sss 3

man

ordem,que fempre a defem aos

[merged small][ocr errors]
[ocr errors]

|Tinhamuy to faceis entradas.

f Seneca. Regem agnofcimus beneficio pietorum."

[ocr errors]

mandoulhe que a levafe: fahio

o fidalgo mais contente do que fahira da cafa da India, levãdo os feus bizalhos, entam mais preciofos,quãdo fahiam de taes mãos, que ficavam mais ricas, quando mais enriqueciam. 8 Geralmente falando todos em fua benignidade achavam remedio;& daqui tambem lhe nacia a facilidade com que todos com ele tinham entrada, fendo nete particular mny differente o norte que feguia, do que cotumam commummente levar os Reys, que pretendé grangear etima da pefoa, com a difficuldade das entradas, fechandofe tanto, que nem feus mefmos vaffalos talvez os conhecem,fenam he, como dizia Seneca, por beneficio dosE# tores: de forte que fenam fofe o pintor,que nos poem em publico o retrato do Rey, pera o vender, mal o poderiam muytos conhecer pera o amar; nam advertindo que melhor fe conferva a magetade real, com a

brir as mãos,que com fecharas |

[ocr errors][ocr errors][merged small][ocr errors][merged small]

CT7 Companhia de Ief,em Portugal

fem gente de armas de cavallo, |

[ocr errors]

tendo por mais firme, como ao Emperador Honorio é e dizia,a goarda do amor, que as lanças dos foldados: & a me{ma experiencia nos tem enfinado, acre[centava Plinio a Trajano,oque nam ha mais fiel goarda pera hum Princepe,que a fua me{ma Innocencia; porque as armas provocam outras armas, & o amor grangea outro amor;& pelo contrario, como o outro di

[blocks in formation]

goarda de archeyros de pé, & \

[ocr errors]

zia, ninguem mais teme que o

[ocr errors]
[ocr errors][ocr errors]
[ocr errors]
[ocr errors]

detrahatur.

[ocr errors][merged small][merged small]

|

E/molas que fazia.

[merged small][merged small][merged small][merged small][ocr errors][ocr errors][merged small][merged small][merged small]

*# # Omete me{mo {{# amor, & piedade, $$#%: acudia com gran

*** des efmolas, nas faltas, & necefidades publicas, com tanta liberalidade, & prevençam, que na grandefa da mercê motrava fer Rey, & no goto de a fazer fe via que era amigo:cafava cada anno muytas orfans,futentava com teníasordinarias muytas viuvas,& filhas de feus vaffalos,regatava muytos cativos, vetia muytos por bres,& pera etas, & outras femelhantes obras mandava abrir feus thefouros. Dete prternal afecto, & amor, q tinha afeus # vafallcs, lhe nacia fentir mais as perdas dos vaffalos, que as próprias fuas . Socedeo huma vez, pegarfe de noyte o fogo, por defatre, em huma fermofa

do já dentro muyta fazenda; & eram tam efpantofas as nuvens

labaredas, que fahiam da fogueyra dete grande monte de

| madeyra, que igoalmente allu

miavam, & afombravam toda Lisboa;nam lhe valia à nao ef tar ardendo em fogo (obre a agoa, porque parece que pera fua detruiçam (e uniam, &faziam liga etes doustam encõtrados elementos. 2. Acudio o mefmo Rey à grita,que fe levantou; & a primeyra coufa que perguntou(comoa que mais lhe doía) foy, (e ardia ally alguma fazenda das partes, & repondendolhe que sò a fazenda real ardia, porque

| sò efia etava embarcada, & | arrumada,fe alegrou, como fe

aquella nao naquella me{ma hora lhe viera da India a falvamento, carregada de drògas preciofas. Motrando ete magnifico Rey, que mais etimava o bem de feus vaffalos, que a riqueza de feus thefouros.

[blocks in formation]

nao, que etava furta defronte|

parandofe pera a India, & teno |

dos feus paços da ribeyra, pre-l|

ce que chegava a nam ter que dar; mas aqui motrava o Senhor,que nunca o repartir com

Sss 4 OS

do fogo, & fubiam tam alto, as|

Era finalmente tam grã

ralidade lhe chegava a fer im

[ocr errors][ocr errors]
[graphic]
[graphic]
« AnteriorContinuar »