O senador Vergueiro: sua vida e sua época, 1778-1859, Volume 1

Capa
Officinas do Diario Official, 1924
 

Outras edições - Ver tudo

Passagens conhecidas

Página 492 - Império, assim o tenha entendido, e faça executar com os Despachos necessários. Palácio do Rio de Janeiro em vinte e dois de Agosto de mil oitocentos e quarenta e um, Vigésimo da Independência e do Império.
Página 79 - Lançam bênçãos de cima às largas caravelas Que rasgam fortemente a vastidão do oceano. Ei-los que vão buscar noutras paragens belas Infindos cabedais de algum tesouro arcano...
Página 154 - Casa de Bragança, tudo na conformidade do que Sua Alteza Real praticou de próximo na Corte do Rio de Janeiro, e mandou praticar em todo o Reino do Brasil...
Página 524 - Manda Sua Alteza Real o Principe Regente, pela secretaria de estado dos negocios do reino, participar ao governador da provincia do Ceará Francisco Alberto Rubim, que, sendo-lhe presente o seu officio n.
Página 531 - Sempre fomos Portugueses, e .queremos ser irmãos dos da Europa; mas não seus escravos. Egualdade de direitos e de venturas são a única base em que deve assentar o pacto social de toda a nação lusitana; de outro modo, abjuraremos todas as relações com Portugal, e não entraremos em união alguma que não seja recíproca, justa e decorosa".
Página 427 - ... são verdadeiras invenções do povo e diretas inspirações do torrão nacional, originadas da contemplação dos acidentes físicos do território, da luz e da cor do firmamento, da agitação dos rios e do oceano, do barulho, do vento e das folhagens, do canto das aves, de todas as formas e de todas as vozes do meio em que vivemos.
Página 263 - Quando escreveres, lembra-te que és um príncipe, e que os teus escriptos são vistos por todo o mundo, e deves ter cautela, não só no que dizes, mas também no modo de te explicares. Toda a familia real estamos bons. Resta-me abençoar-te, como pae, que muito te ama. — João. — Paço de Queluz, em 3 de agosto de 1822...
Página 408 - Juro manter a religião católica apostólica romana, a integridade, e indivisibilidade do Império, observar, e fazer observar a constituição política da nação brasileira, e mais leis do Império, e prover ao bem geral do Brasil, quanto em mim couber. Juro fidelidade ao Imperador o Senhor D. Pedro II, e entregar o governo à regência permanente, logo que for nomeada pela assembléia geral.
Página 92 - Devendo Eu partir para a corte por assim o exigirem as " medidas, que sou obrigado a Tomar a bem do Brasil ; E tendo
Página 428 - Brasil, entabulando mais frequência de notícias e relações, de umas vilas para as outras, e contribuindo, com as pacificadoras palavras do Evangelho, para estabelecer mais fraternidade entre os habitantes das diferentes capitanias...

Informação bibliográfica