O oriente: poema, Volume 1

Capa
Impressão Regia, 1814
1 Crítica
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Outras edições - Ver tudo

Palavras e frases frequentes

Passagens conhecidas

Página 7 - Nação, chegaste aos limites , e confins da Terra. Onde se aperta o Erithreo, onde se empola , e se arrebata o Indo, onde se esconde o Nilo , onde se espraia o Ganges, onde se precipita o Mécon, onde espuma , e soa o Comboja , onde se dilata o Amazonas ; onde se accende o Equador, onde se congela o Antartico, onde se tempéra, e amacia o Cancro , onde se fertiliza o Indostão , onde se embalsama Ceilão, onde ardem os...
Página 182 - ... banhado, Com militar exemplo os seus mandava:' De todo o cobre escudo sobraçado, Plumagem rica o elmo lhe assombrava; Veste, não qual gentio inerte e imbele, Dum tigre mosqueado a hirsuta pele. Qual massílio leão, que vem ferido De mouro caçador, co'a lança dura, Que a cauda bate a grenha, enfurecido Entre milhares o agressor procura; Tal corre o Gama forte e destemido De vis arábios pela turba escura; * Pula-lhe o sangue, a raiva lhe recresce, Quando o soberbo campeão conhece.
Página 19 - O busto agora vê do Heroe prestante , Douto inventor do nautico instrumento , (Que a carreira medindo ao Sol brilhante, Do Polo ensina ao certo o apartamento : ( Rara invenção ! ) ao Nauta vacillante Marca o rumo no liquido elemento , Salva quasi no abysmo o lenho immerso ; Este prodigio em Portugal tem berço ! 72.
Página 52 - Lusiadas (so immer fem.) e vi que a fabula não era original, mas emprestada, e que ao poeta faltava o genio da invenção e que apenas se podia classificar entre os servis imitadores: vi que a disposição, e symmetria do...
Página 199 - Que nunca secegado o negro fio Passa , e repassa as veigas dilatadas : Taes das vertentes limpidas voltavão Os Lusos para as náos, das náos tornavão. 56. Em quanto pelos bosques espargidos Na proxima partida andão cuidosos , E de animaes...
Página 100 - Agostinho), quanto em si cpube, apanhar, e sustentar por todo o longo üo da presente Epopéa (O Oriente) um estylo verdaderamente poético, que se annuncia por imagens, e figuras novas, sempre levantadas, e sempre formosas . . . » Isto é, Macedo assegurava que O Oriente era o primeirp dos poemas épicos saldos do engenho porluguez. Elle ampliou muito esta critica no seu livro Censura dos Lunadas, que menciono adiante. 384-49.
Página 146 - Ou não te vás , ou leva-me a teu lado , Onde eu comtigo expire , ou viva amante , Onde o suspiro extremo , o ai magoado Possa em teus labios exhalar constante : Tu mesmo , se te apraz , me apressa o Fado ; Derrama de meu seio o sangue ondeante , Eu não me queixarei da infausta sorte , Se expirar a teu lado , he doce a morte. 70. Foi por certo hum amante , e foi perjuro Quem se atreveo primeiro em leve faia , A...
Página 8 - ... tão vasta dominação , tão espantoso circulo de Imperio, tu o deves ao esforço e militares virtudes daquelles verdadeiros Heroes , que entre os mais afamados invejára , e cobiçára Roma para seus filhos , e que em quanto no Mundo se der preço á virtude , serão nelle estimados , e nomeados , conservando na memoria, e na tradição dos seculos o pedestal firmissimo da estatua da tua fama.
Página 182 - Caçador co' a lança dura , Que a cauda bate , e grenha , e enfurecido , Entre milhares , o agressor procura : Tal corre o Gama forte , e destemido , De vis Arabios pela turba escura ; Pula-lhe o sangue , a raiva lhe recréce Quando o soberbo Campião conhecei.
Página 27 - Grande Nação, que com tua memoria, e á tua sombra , eu me augure tambem a perpetuidade do nome. Eu juntei do inexhausto thesouro de tua apurada linguagem as riquezas da eloquencia : dei á minha imaginação o que o Poeta deve só ver , a Natureza. Lembreime quando compuz que eu era só no Universo , e só quem se esquece de exemplares pôde ser original. Nenhum dos Seres creados existe fora do ambito da Natureza, quando os pinto, busco transplantallos á minha imaginação, e os reproduzo como...

Informação bibliográfica