Historiografias portuguesa e brasileira no século XX: olhares cruzados

Capa
João Paulo Avelãs Nunes, Américo Freire
Imprensa da Universidade de Coimbra / Coimbra University Press, 01/11/2013 - 392 páginas
0 Críticas
O presente livro, dedicado à análise da evolução das historiografias portu­guesa e brasileira no século XX, resulta da colaboração entre uma instituição portuguesa, o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra (CEIS20/UC) e uma organização brasileira, o Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil da Fundação Getúlio Vargas (CPDOC/FGV). De um lado temos uma entidade que mistura a longa du­ração da Universidade de Coimbra com a relativa novidade de uma unidade de investigação financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia; do outro um centro de documentação e investigação de excelência que se transformou, também, numa escola de ciências sociais no âmbito de uma Fundação que é, também, uma instituição de ensino superior. Sem a pretensão de se apresentar como “a história” das historiografias portu­guesa e brasileira no século XX, esta obra integra textos de vários historiadores e outros cientistas sociais de ambos os países que propõem leituras diversas e cruzadas sobre a relação entre poderes (político-institucionais, religiosos, aca­démicos) e produção de discurso historiográfico, acerca da influência exercida por ambientes intelectuais estrangeiros — nomeadamente francês e alemão, bri­tânico e norte-americano —, sobre a relevância social de tecnologias derivadas da historiografia (didáctica da História, património cultural, museologia), acerca de temáticas particularmente actuais e/ou polémicas da história de Portugal e da história do Brasil (salazarismo e getulismo, colonialismo e pós-colonialismo, ditadura e transições da e para a democracia, empresas e empresários).
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Índice

Introdução
11
olhando o Brasil
15
Os congresso de História e os percursos da Historiografia brasileira no século XX
31
O Estado a historiografia e outras ciênciastecnologias sociais
53
encontro institucional
81
sobre a questão do Fascismo
111
revisitando temas historiográficos
147
A ideologia do Estado Novo a guerra colonial e a descolonização em África
183
da formação enciclopédica à especialização 19011957
239
estudos em circulação no Brasil e em Portugal 19902010
291
Educação história e história da educação
315
historiografia regional e história nacional no Brasil republicano
335
a experiência de projecto do Museu Marítimo de Ílhavo
349
o caso brasileiro
363
uma síntese
375
Contracapa
394

As historiografias brasileira e portuguesa e o problema da transição para a democracia
203

Palavras e frases frequentes

Acerca do autor (2013)

João Paulo Avelãs Nunes nasceu em 1965 e é Professor Auxiliar de História Contemporânea na FLUC. É, também, Investigador do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da UC. Licenciado em História (1987) e profissionalizado em Ensino da História (1989) pela FLUC. Defendeu a sua dissertação de Mestrado em História Contemporânea de Portugal em 1993 - A história económica e social na FLUC (1911-1974) - e a dissertação de Doutoramento em História Contemporânea em 2006 - O Estado Novo e o Volfrâmio (1933-1947). É membro das Redações da Revista Portuguesa de História e da revista Estudos do Século XX. Tem investigado e publicado em áreas como a história do CADC de Coimbra e das "organizações de juventude" do Estado Novo e dos fascismos, a arqueologia industrial e o património cultural, a história do sector mineiro e da Segunda Guerra Mundial, a história da Igreja e da "ação católica" portuguesa, a museologia e a didática da História. 


He was born in 1965 and is Auxiliary Professor of Contemporary History at the Faculty of Letters of the University of Coimbra and he is also a Researcher at the Centre for Interdisciplinary Studies on the 20th Century at the University of Coimbra. He completed a Degree in History in 1987 which was followed by training as a History teacher in 1989 at the above named institution. In 1993 he completed his Master’s in Portuguese Contemporary History with a thesis on the economic and social history of the Faculty of Letters of the University of Coimbra between 1911 and 1971. He obtained his Doctorate in 2006 in Contemporary History with a dissertation on “The Estado Novo and Tungsten (1933-1947). He is a member of the Editorial Board of the Portuguese History Journal and of the journal Estudos do Século XX. He has done research and published in areas such as the history of the Coimbra CADC and youth organisations in the Estado Novo and on fascism, industrial archeology and cultural heritage, the history of the mining sector and the Second World War, the history of the church and of the Portuguese “Catholic Good Works”, on museology and the teaching of history. 

 

Américo Freire é professor do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais do CPDOC/FGV e da Escola Superior de Ciências Sociais da mesma instituição. É doutor em História Social pela UFRJ e fez estágio de pós-doutoramento no ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. É pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), coordenador do Grupo de Pesquisa CNPq “Culturas Políticas e processos de democratização” e membro do Laboratório de Estudos Políticos do CPDOC/ FGV. Desenvolve pesquisas em história política e em historiografia brasileira contemporânea. É autor de Sinais trocados: o Rio de Janeiro e a República brasileira (2012), entre outros livros. 


He is a teacher in the Post-Graduate Degree Programme in History, Politics and Cultural Goods Programme of the CPDOC/FGV and the Higher School of Social Sciences of the same institution. He holds a PhD in Social History from UFRJ and did his post-doctoral training at ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. He is a Researcher for the National Council of Technology and Scientific Development (CNPq), coordinator of the CNPq “Political Cultures and democratisation processes” Research Group and member of Political Studies Laboratory of CPDOC/FGV. He also conducts research in political history and in contemporary Brazilian historiography. He is the author of “Sinais trocados: o Rio de Janeiro e a República brasileira” [Mixed signals: Rio de Janeiro and the Brazilian Republic] (2012) among other books.

Informação bibliográfica