Tratado de paz, amisade e commercio entre sua magestade el-rei de Portugal e dos Algarves e sua magestade o imperador do Japão assignado em Yeddo pelos respectivos plenipotenciarios aos 3 de agosto de 1860

Capa
Imprensa nacional, 1863 - 9 páginas
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Passagens conhecidas

Página 3 - Rei de Portugal e dos Algarves, d'aquem e d'alem mar em África, senhor de Guiñé e da conquista, navegacao e commercio da Ethiopia, Arabia, Persia, e da India, etc.
Página 9 - Cumprilo inviolavelmente, e Fazelo cumprir e observar por qualquer modo que possa ser. Em testemunho e firmeza do sobredito Fiz passar a presente Carta, por Mim assignada, passada com o Sello Grande das Minhas Armas, e referendada pelo meu Conselheiro Ministro e Secretario d'estado abaixo assignado.
Página 3 - Guiñé e da conquista, navegacao e commercio da Ethiopia, Arabia, Persia, e da India, etc. Faco saber aos que a presente carta de...
Página 7 - ... no fim a somma total do valor da entrada. Em cada entrada o dono ou consignatario certificará por escripto que a entrada, assim apresentada, mostra o custo actual das fazendas, e que nada se occuíta para fraudar os direitos do Japão, e este certificado será assignado pelo dono ou consignatario.
Página 4 - Em addiçâo a estes, serâo abertos os seguintes portos e cidades, ñas dalas abaixo especificadas. Nee-e-gata, ou se Nee-e-gala nao servir como porto, outro porto na costa occidental de Nipón; logo que tal porto for escolhido se dará conhecimento. Hiogo, que será aberto no primeiro de Janeiro de mil e oitocentos sessenta e tres.
Página 4 - VI • Quando algum subdito portuguez tiver de se queixar de algum japonez se dirigirá ao cónsul. O cónsul examinará o caso, e fará o que esliver ao seu alcance para terminar a questâo amigavelmente.
Página 7 - Ncnhumas mercadorias serao desembarcadas dos navios, do por até ao nascer do sol, excepto por especial licença das auctoridades da alfandega; as escotilhas e todas as entradas para os logares onde está a carga podem ser fechadas pelos empregados japonezes, do por ao nascer do sol, com sellos...
Página 7 - ... da alfandega, abrir qualquer entrada, que assim tenha sido fechada, ou quebrar e remover os sellos ou cadeados, ou fechaduras que tenham sido postos pela alfandega, pagará s.essenta patacas de multa por cada transgressât.
Página 8 - Porém estes vapores em todo o caso devem dar entrada e despacharen! na alfandega. Navios baleeiros que tocarem nos portos para se proverem de mantimentos, ou navios corn avarias...
Página 3 - ARTIGO i Haverá perpetua paz e amisade entre Sua Magestade Fidelissima o Rei de Portugal, seus herdeiros e successores, e Sua Magestade o Imperador do Japáo; bem como entre os seus respectivos dominios e subditos.

Informação bibliográfica