Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" O tempo cobre o chão de verde manto, Que já coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce canto. E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto, Que não se muda já como soía. "
Obras de Luis de Camões ... - Página 27
por Luís de Camões - 1779
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...na lembrança, E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que ja coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce canto. E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto. Que não se muda ja como sohia. I.V1II....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...na lembrança. E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que ja coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce canto. I.VIII. Se as penas com que Amor tão mal me trafa Permittirem que eu tanto viva dellas, Que veja escuro...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...na lembrança, E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que ja coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce ramo. E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto. Que não se muda ja como sohia....
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Sonetos. Can̨cões. Sextinas. Odes. Oitavas

Luís de Camões - 1861
...na lembrança, E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que ja coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce canto. E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mór espanto. Que não se muda ja como sobiav LVIII Se...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras, Volume 2

Luís de Camões - 1861
...na lembrança. E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que ja coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce canto. LV1 LVIII Se as penas com que Amor tão mal me trata Permittirem que eu tanto viva dellas, Que veja...
Visualização integral - Acerca deste livro

Sonetos

Luís de Camões - 1880 - 354 páginas
...mágoas na lembranca, E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que ja coberto foi de neve fria, E em mi converte em choro o doce canto. LVin Se as penas com que Amor tão mal me trata Permittirem que eu tanto viva dellas, Que veja escuro...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poetas brazileiros

Teixeira Bastos - 1895 - 154 páginas
...em tudo da esperança: Do mal ficam as mágoas na lembrança, E do bem tse algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, • Que já...fria, E em mi converte em choro o doce canto. E afora este mudar- se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto, Que não se muda já como soia. N'um e...
Visualização integral - Acerca deste livro

Lyricas de Luiz de Camoẽs: com traduccoẽs francezas e castelhanas de José ...

Luís de Camões - 1898 - 152 páginas
...em tudo da esperança: Do mal ficam as maguas na lembrança, E do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que já coberto...fria, E em mi converte em choro o doce canto. E, afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mór espanto, Que não se muda já como soia. TOUT CHANGE...
Visualização integral - Acerca deste livro

Lyricas de Luiz de Camoẽs: com traduccoẽs francezas e castelhanas de José ...

Luís de Camões - 1898 - 131 páginas
...bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chao de verde manto, Que ja coberto foi de nevé fria, E em mi converte em choro o doce canto. E, afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto, Que nao se muda ja como soía. TOUT CHANGE...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os melhores sonetos da lingua portuguêsa desde Sá de Miranda

Fidelino de Figueiredo - 1907 - 112 páginas
...em tudo da esperança: Do mal ficão as magoas na lembrança, Do bem (se algum houve) as saudades. O tempo cobre o chão de verde manto, Que já. coberto...fria, E em mi converte em choro o doce canto. E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto, Que não se muda já como sohia. SONETO...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF