Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" De varias cores sempre me vestia; De boninas a fronte coroava; Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira, em qualquer manha, Sempre a palma entre todos alcançava. Da minha idade tenra, em tudo estranha,... "
Obras de Luis de Camões ... - Página 386
por Luís de Camões - 1779
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...boninas a fronte coroava; Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira, em qualquer manha, Sempre a palma...entre todos alcançava. Da minha idade tenra, em tudo estranha, Vendo (como acontece) affeiçoadas Muitas \vmphas do rio e da montanha; Com palavras mimosas...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...boninas a fronte coroava; Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira, em qualquer manha, Sempre a palma...entre todos alcançava. Da minha idade tenra, em tudo estranha, Vendo (como acontece) affeiçoadas Muitas Nymphas do rio e da montanha; Com palavras mimosas...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: precedidas de um ensaio biographico no qual se ...

Luís de Camões - 1861 - 556 páginas
...boninas a fronte coroava; Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira, em qualquer manha, Sempre a palma...entre todos alcançava. Da minha idade tenra, em tudo estranha, Vendo (como acontece) affeiçoadas Muitas Nymphas do rio e da montanha; Com palavras mimosas...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Precedidas de um ensaio biographico no qual se ...

Luís de Camões - 1860
...profundos conhecimentos. Nenhum pastor cantando me vencia, A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira em qualquer manha Sempre a palma entre todos alcançava, exclama elle em uma das suas composições, aprazendo-sc no gabo de si mesmo, e com toda a consciencia...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras, Volume 1

Luís de Camões - 1861
...profundos conhecimentos. Nenhum pastor cantando me vencia, A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira em qualquer manha Sempre a palma entre todos alcançava, exclama elle em uma das suas composições, aprazendo-se no gabo de si mesmo, e com toda a consciencia...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Eglogas. Elegias. Da creącão e composįcão do homem

Luís de Camões - 1862
...boninas a fronte coroava; Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava; Na luta, na carreira, em qualquer manha, Sempre a palma...entre todos alcançava. Da minha idade tenra, em tudo estranha. Vendo (como acontece) affciçoadas Muitas Nymphas do rio e da montanha: Com palavras mimosas...
Visualização integral - Acerca deste livro

Historia de Camões, Parte 1

Teófilo Braga - 1873
...cores sempre me vestia. Nenhum poetar cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava, Na luta, na carreira, em qualquer manha Sempre a palma entre todos alcançava. Da minha tenra edade, em tudo estranha, Vendo, como acontece, affeiçoadas Muitas Nymphas do rio e da montanha,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Historia da litteratura portugueza, Volume 11

Joaquim Theophilo Braga - 1873
...cores sempre me vestia. Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava, Na luta, na carreira, em qualquer manha Sempre a palma entre todos alcançava. Da minha tenra edade, em tudo estranha, Vendo, como acontece, affeiçoadas Muitas Nymphas do rio e da montanha,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Luiz de Camões, Volume 1

José Maria Latino Coelho - 1880 - 374 páginas
...representa na figura de Almeno, o pastor desenganado e amoroso. A barba então nas faces me apontava, Na luta, na carreira, em qualquer manha, Sempre a palma...entre todos alcançava. Da minha idade tenra, em tudo estranha, Vendo (como acontece) affeicoadas Muitas nymphas do rio e da montanha, Com palavras mimosas...
Visualização integral - Acerca deste livro

Mondega

Manuel da Silva Gayo - 1900 - 118 páginas
.... POETA-CAVALLEIRO « Nenhum pastor cantando me vencia. A barba então nas faces me apontava», Na luta, na carreira, em qualquer manha Sempre a palma entre todos alcançava ». CAMÕES. Esse, que foi dos mocos o primeiro, Entre todos em graças acabado, Mais que todos ardido...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF