Brazil-Africa Forum on Politics, Cooperation and Trade: Fortaleza, Brazil, June 9-10, 2003

Capa
IBRI, 2004 - 307 páginas
Documentos do Fórum: Relatórios do Grupo I - Política e questões sociais; Relatórios do Grupo II - Economia e comércio; Relatórios do Grupo III - Educação e cultura; Artigos: Parceria para a paz na África; O general que cheirava; A crise do Estado na África: desafios do pacto social democrático na África; A Nepad e as oportunidades para os investimentos brasileiros; Relações econômicas Brasil-África; Integração regional, comércio na África e opções estratégicas para a África e para o Brasil; Comércio, modelos de integração regional, opções estratégicas de desenvolvimento; Fórum Brasil-África: cooperação e competição; A minha pátria é uma viagem; O mercado editorial para textos africanos no Brasil; Possibilidades e limites de uma cooperação ampla entre a África e o Brasil; Conclusão - África e Brasil: o Fórum de Fortaleza e o relançamento da política africana do Brasil no governo Lula.
 

Opinião das pessoas - Escrever uma crítica

Não foram encontradas quaisquer críticas nos locais habituais.

Outras edições - Ver tudo

Palavras e frases frequentes

Passagens conhecidas

Página 191 - and Peripheries in the Academic Profession: The Special Challenge of Developing Countries.
Página 191 - A New Phase for Co-operative Research and Higher Education Efforts between Europe and Latin America”. European Journal
Página 290 - a competir cada vez mais por fontes de comercio e de investimentos, intensificando sua
Página 191 - A Partnership of Equals? Academic Collaboration between the United Kingdom and Brazil”.
Página 160 - Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizada na cidade do Rio de Janeiro, em 1992.
Página 290 - enquanto a receita do comercio exterior, a atingir a cifra de US$ 15,2
Página 280 - de bens de capital. Em todo caso, a necessidade de mudar a
Página 104 - Hegemony. Cooperation and discord in the world politi cal economy. Princeton: Princeton

Acerca do autor (2004)

 Pedro Motta Pinto Coelho é diplomata de carreira; José Flávio Sombra Saraiva é professor do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília.

Informação bibliográfica