Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Sabe que quantas naos esta viagem Que tu fazes, fizerem de atrevidas, Inimiga terão esta paragem, Com ventos, e tormentas desmedidas : E da primeira armada... "
Selecta camoniana: ou, excerptos dos Lusiadas - Página 125
por Luís de Camões - 1863 - 314 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Histoire de la littérature moderne, Volume 2

Marc Monnier - 1885 - 516 páginas
...vieux matelots Ne m'ont connu ; nul ne sait mon histoire ; Ouve oa damnos de mi, que apercebidos Estâo a teu sobejo atrevimento Por todo o largo mar e pela terra Que inda has de sobjugar com dura guerra. » Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Histoire de la littérature moderne: La réforme, de Luther a ..., Volume 2

Marc Monnier - 1885 - 548 páginas
...Que eu tunto tempo ha que guardo e tenho Nunca aradoa d'estranho ou proprio lenho : « Pois vens ver os segredos escondidos Da natureza, e do humido elemento, A nenhum grande hnmano concedidos De nobre ou de immortal merecimento : Apprends de moi quel est le châtiment Qui...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poesias selectas para leitura, recitação, e analyse dos poetas portuguezes ...

1891 - 528 páginas
...eu tanto tempo ha já que guardo e tenho, Nunca arados d'estranho, ou proprio; . XLII Pois vens ver os segredos escondidos Da natureza e do humido elemento,...nobre ou de immortal merecimento ; Ouve os damnos de ruim, que apercebidos Estão a teu sobejo atrevimento Por todo Q largo mar, e pela terra, Que inda...
Visualização integral - Acerca deste livro

Camões, Os Lusiadas e a renascença em Portugal

Joaquim Pedro Oliveira Martins - 1891 - 344 páginas
...Que eu tãto tempo ha ja que guardo e tenho, Nunca arados destranho ou proprio lenho ; Pois vens ver os segredos escondidos Da natureza e do humido elemento,...humano concedidos De nobre ou de immortal merecimento. * C. v, 31-10. Ouve os danos de mi, que apercebidos Estão a teu sobejo atrevimento, Por todo o largo...
Visualização integral - Acerca deste livro

Revista trimensal do Instituto Historico e ..., Volume 60;Volumes 95-96

1897 - 1202 páginas
...ardor com que vimos ao vosso encontro. Pois vens ver os segredos escondidos Da natureza e do húmido elemento, A nenhum grande humano concedidos De nobre ou de immortal merecimento. . . (1) não ouvireis a voz aterradora do Adamastor. Eni nossas aguas as ondas do Oceano se acamam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Nova selecta portugueza: colligida, annotada e acompanhada d'um tratado de ...

João M. Moreira, João M. Corrêa - 1902 - 514 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Obras de Luis de Camões: Os Lusiadas, Volumes 1-4

Luís de Camões - 1905 - 350 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 3-4

Luís de Camões - 1908 - 354 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Los poetas del renacimiento

Carlos Roxlo - 1911 - 360 páginas
...Que eu tanto tempo ha já que guardo e tenho Nunca arados d'estranho, ou propio lenho; Pois vens ver os segredos escondidos Da natureza, e do humido elemento, A nenhum grande humano concedidos De nobre ou de inmortal merecimento; Ouve os damnos de mi, que apercibidos Estáo a teu sobejo atrevimento, Por todo...
Visualização integral - Acerca deste livro

Lusíadas

Luís de Camões - 1913 - 424 páginas
...ou proprio lenho ; \LU f Pois vens ver os segredos escondidos Da natureza e do humido elemento (35), A nenhum grande humano concedidos De nobre ou de immortal merecimento, Ouve os danos de mi, que apercebidos Estão a teu sobejo atrevimento Por todo o largo mar e pola terra, Que...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF