Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Olhai que ha tanto tempo, que cantando O vosso Tejo e os vossos Lusitanos, A fortuna me traz peregrinando, Novos trabalhos vendo e novos danos: Agora o mar, agora exp'rimentando Os perigos... "
Obras de Luis de Camões ... - Página 235
por Luís de Camões - 1779
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1818
...batel se alague cedo. 79Olhai , que ha tanto tempo que cantando O vosso Tejo , e os vossos Lusitanos , A Fortuna me traz peregrinando , ) Novos trabalhos...danos ; Agora o mar , agora exprimentando Os perigos Mavorcios inlmmanos; Qual Canace , que á morte se condenna , N'húa maõ sempre a espada, e n'outra...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico

Luís de Camões - 1819 - 420 páginas
...se alague cedo. LXXIX. Olhai que ha tanto tempo, que cantando O vosso Tejo, e os vossos Lusitanos, A fortuna me traz peregrinando, Novos trabalhos vendo,...danos: Agora o mar, agora exprimentando Os perigos Mavorcios inhumanos; Qual Canace, que á morte se condena, N'huma mao sempre a espada, e n' outra a...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...batel se alague cedo. LXXIX. Olhai que ha tanto tempo que cantando O vosso Tejo e os vossos Lusitanos, A Fortuna me traz peregrinando, Novos trabalhos vendo...danos: Agora o mar, agora exprimentando Os perigos Mavorcios inhumanos, Qual Canace, que á morte se condena, N' mia mão sempre a espada, e n' outra...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras completas de Luis de Camões, correctas e emendadas pelo cuidado e ...

Luís de Camões - 1843
...batel se alague cedo. LXXIX. Olhai que ha tanto tempo que cantando O vosso Tejo e os vossos Lusitanos, A Fortuna me traz peregrinando, Novos trabalhos vendo...danos: Agora o mar, agora exprimentando Os perigos Mavorcios iuhumanos, Qual Canace, que á morte se condena, N'hua mão sempre a espada, e n'outra a...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas poema epico de Luis de Camões: restituido a' sua primitiva ...

Luís de Camões - 1846 - 585 páginas
...que cantando O vosso Tejo , e os vossos Lusitanos , A fortuna me traz peregrinando , Novos trahalhos vendo , e novos danos : Agora o mar, agora exp'rimentando Os perigos mavórcios inhumanos; Qual Canace , que ã morte se condena , N' uma mão sempre a espada, e n' outra a pena....
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões

Luís de Camões - 1847 - 415 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Obras, precedidas de um ensaio biographico, augmentadas com ..., Volume 6

Luis Vaz de Camoens - 1870
...batel se alague cedo. LXXIX Olhai que ha tanto tempo, que cantando O vosso Tejo e os vossos Lusitanos, A fortuna me traz peregrinando, [Novos trabalhos vendo e novos danos: .Agora o mar, agora expVimentando Os perigos Mavórcios inhumanos: Qual Canace, que á morte se condena, N'huma mão sempre...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Precedidas de um ensaio biographico no qual se ...

Luís de Camões - 1860
...batel se allague" cedo. Olhai que ha tanto tempo, que cantando O vosso Tejo, e os vossos Lusitanos, t A fortuna me traz peregrinando, Novos trabalhos vendo, e novos danos : Agora o mar, agora experimentando Os perigos mavorcios inhumanos; Qual Canace, que á morte se condena, N'uma mão sempre...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras, Volume 1

Luís de Camões - 1861
...batel se allague cedo. Olhai que ha tanto tempo, que cantando , O vosso Tejo, e os vossos Lusitanos, A fortuna me traz peregrinando, Novos trabalhos vendo, e novos danos: Agora o mar, agora experimentando Os perigos mavorcios inhumanos; Qual Canace, que á morte se condena, N'uma mão sempre...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: poema epico

Luís de Camões - 1861 - 397 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF