Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Ninfa, a mais fermosa do Oceano, Já que minha presença não te agrada, Que te custava ter-me neste engano, Ou fosse monte, nuvem, sonho ou nada? Daqui me parto, irado e quase insano Da mágoa e da desonra ali passada, A buscar outro mundo, onde não... "
Archivo Bibliographico - Página 26
por Universidade de Coimbra. Biblioteca Geral - 1877
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões, Volumes 5-8

Luís de Camões - 1873 - 266 páginas
...mais formosa do Oceano, Já que minha presença não te agrada, Que te custava ter-me neste engano, Ou fosse monte, nuvem, sonho, ou nada? D'aqui me parto irado e quasi insano Da magoa e da deshonra ali passada, A buscar outro mundo, onde não visse, Quem de meu pranto e de meu...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Lief. Vergleichung der besten Texte, mit Angabe de ...

Luis Vaz de Camoens - 1874
...mais formosa do Oceano, Ja que minha presença nao te agrada, 3 Que te custava ter-me neste engano, Ou fosse monte, nuvem, sonho ou nada? D'aqui me parto irado e quasi insano 6 Da magoa e da deshonra ali passada, A buscar outro mundo, onde nao visse Qüem de meu pranto e de...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões

Luís de Camões - 1874 - 318 páginas
...mais formosa do Oceano, Já que minha presença mío te agrada, 3 Que te custava ter-me neste engano, Ou fosse monte, nuvem, sonho ou nada? D'aqui me parto irado e quasi insano 6 Da magoa e da deshonra ali passada, A buscar outro mundo, onde nao visse Quem de meu pranto e de...
Visualização integral - Acerca deste livro

The Lusiads, tr. into Engl. verse by J.J. Aubertin, Volume 1

Luis Vaz de Camoens - 1878
...mais formosa do Oceano, Já que minha presença não te agrada, Que te custava ter-me neste engano, Ou fosse monte, nuvem, sonho, ou nada ? Daqui me parto irado, e quasi insano Da magoa, e da deshonra alli passada, A buscar outro mundo, onde não visse, Quem de meu pranto e de meu...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas

Luís de Camões - 1882
...formosa do Oceano, Já que minha presença não te agrada, Que tecustava ter-me n'este engano, Ou fosso monte, nuvem, sonho, ou nada? D'aqui me parto irado, e quasi insano Da magoa, e da deshonra alli passada, A buscar outro mundo, onde não visse, Quem de meu pranto e de meu...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luis de Camões: Os Lusiadas, Volumes 1-4

Luís de Camões - 1905
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Lusíadas

Luís de Camões - 1913 - 398 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Os Lusíadas: poema épico

Luís de Camões - 1920 - 515 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Annaes da Bibliotheca Nacional do Rio de Janeiro

1923
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Estudos camonianos

Sílvio de Almeida - 1925 - 203 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF