Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Pomponio, Estrabo, Plinio, e quantos passaram, fui notorio: Aqui toda a Africana costa acabo Neste meu nunca visto promontorio, Que para o polo Antarctico se estende. A quem vossa ousadia tanto offende. "
Archivo Bibliographico - Página 22
por Universidade de Coimbra. Biblioteca Geral - 1877
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões, Volumes 5-8

Luís de Camões - 1873 - 266 páginas
...outros Tormentorio, Que nunca a Ptolomeo, Pomponio, Estrabo, Plinio, e quantos passaram, fui notorio: Aqui toda a Africana costa acabo Neste meu nunca visto promontorio, Que para o polo Antarctico se estende, A quem vossa ousadia tanto offende. 51 Fui dos filhos asperrimos da terra, Qual...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusíadas: los Portugueses

Luís de Camões - 1873 - 263 páginas
...Tormentorio ; Que nunca a Ptolemeo, Pomponio , Estrabo, Plinio , e quantos passáram , fui notorio. Aqui toda a Africana costa acabo Neste meu nunca visto Promontorio , Que para o Polo Antarctico se estende , A quem vossa ousadia tanto oñende. LI. Fui dos filhos asperrimos da Terra...
Visualização integral - Acerca deste livro

The Lusiads, tr. into Engl. verse by J.J. Aubertin, Volume 1

Luis Vaz de Camoens - 1878
...outros Tormentorio, Que nunca a Ptolomeo, Pomponio, Estrabo, Plinio, e quantos passaram, fui notorio : Aqui toda a Africana costa acabo Neste meu nunca visto promontorio, Que para o polo Antarctico se estende, A quem vossa ousadia tanto offende. II ' " Fui dos filhos asperrimos da terra,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Nacionalidade, lingua e litteratura de Portugal e Brazil

João Manuel Pereira Silva - 1884 - 410 páginas
...outros Tormentorio; Que nunca a Ptolomeo, Pomponio, Estrabo, Plinio, e quantos passaram fui notorio : Aqui toda a Africana costa acabo, Neste meu nunca...promontorio, Que para o polo Antartico se estende A quem vossa ousadia tanto offende. Assi contava, e c'hum medonho choro Subito d'ante os olhos se apartou...
Visualização integral - Acerca deste livro

Histoire de la littérature moderne: La réforme, de Luther a ..., Volume 2

Marc Monnier - 1885 - 495 páginas
...ce dernier point, Chateaubriand peut avoir raison. Il est certain que, depuis son départ de Macao, Aqui toda a Africana costa acabo Neste meu nunca visto promontorio, Que para o Polo Antarctico se estende, A quem vossa ousadia tanto offende. » Camoens n'eut peut-être pas un seul...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poesias selectas para leitura, recitação, e analyse dos poetas portuguezes ...

1891 - 320 páginas
...Tormentorio ; (25) Que nunca a Ptolomeu, Pomponio, Estrabo, Plinio, e quantos passaram, fui notorio. (20) Aqui toda a Africana costa acabo Neste meu nunca visto promontorio, Que para o pólo Antarctico se estende, A quem vossa ousadia tanto offende. Fui dos filhos asperrimos da terra,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Flores de poetas e prosadores que

1898 - 127 páginas
...outros Tormentorio, Que nunca a Ptolomeu, Pomponio Estrabo, Plinio e quantos passaram, fui notorio: Aqui toda a Africana Costa acabo N'este meu nunca visto promontorio, Que para o polo antarctico se estende, A quem vossa ousadia tanto offende. «lllud sum saxum, promontoriumque timendum,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Nova selecta portugueza: colligida, annotada e acompanhada d'um tratado de ...

João M. Moreira, João M. Corrêa - 1902 - 479 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Obras de Luis de Camões: Os Lusiadas, Volumes 1-4

Luís de Camões - 1905
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 3-4

Luís de Camões - 1908
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF