Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Naquele engano da alma, ledo e cego, Que a Fortuna não deixa durar muito, Nos saudosos campos do Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando e às ervinhas O nome que no peito escrito tinhas. "
Camões, Os Lusiadas e a renascença em Portugal - Página 42
por Joaquim Pedro Oliveira Martins - 1891 - 324 páginas
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas do século XIX: poema heroi-comico (parodia)

Francisco Augusto de Almeida - 1865
...CANTO TERCEIRO «Estavas, ó meu Beia, posta em socego, De teus annos chupando o doce fnicto, Waquelle engano da alma, ledo e cego, Que a fortuna não deixa durar muito ; Nos profanados lares do Borrego, Que toda a vida ha sido um grande bruto, Aos filhos ensinando, e ás visinhas,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: precedidas de um ensaio biographico no ..., Volumes 6-7

Luís de Camões - 1869
...queres, aspero e tyranno, Tuas aras banhar em sangue humano. GXX Estavas, linda Ignez, posta em socego, De teus annos colhendo doce fruito, Naquelle engano...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando c ás hervinhas O nome, que no peito escrito tinhas. GXXI Do teu Principe ali te respondiam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Os Lusiadas. Estancias desprezadas. Lic̜ões varias ...

Luís de Camões - 1870
...queres, aspero e tyranno, Tuas aras banhar em sangue humano. GXX Estavas, linda Ignez, posta em socego. De teus annos colhendo doce fruito, Naquelle engano...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito. Aos montes ensinando c ás hervinhas O nome, que no peito escrito tinhas. GXXI Do teu Principe ali te respondiam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Obras de Luiz de Camões: Os Lusiadas. Estancias desprezadas. Lic̜ões varias ...

Luís de Camões - 1870
...banhar em sangue humano. GXX Estavas, linda Ignez, posta em socego, De teus annos colhendo doce fmito, Naquelle engano da alma, ledo e cego, Que a fortuna...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito. Aos montes ensinando e ás hervinhas O nome. que no peito escrito tinhas. GXXI Do teu Principe ali te respondiam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas: ensaio sobre Camões e a sua obra

Joaquim Pedro Oliveira Martins - 1872 - 210 páginas
...que todo o portuguez conhece é este (C. m, Est . cxx e seg.) : Estavas linda Ignez, posta cm socego, De teus annos colhendo doce fruito, N'aquelle engano...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando e ás hervinhas O nome que 110 peito escrijito tinhas. Do teu principe alli-te respondiam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Poesias selectas nos diversos generos de composições poeticas para a leitura ...

Henrique Midosi - 1872 - 328 páginas
...'.i.'i Morte df D. Ignez de Castro ,;!;,..; R<l G xx Mu ,: f Estavas, linda Ignez, posta em socêgo, De teus annos colhendo doce fruito, Naquelle engano...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito; Aos montes ensinando, e ás hervinhas' /' '. ' O nome que no peito escripto tinhas. cxxi Do teu Principe alli...
Visualização integral - Acerca deste livro

Camões e os Lusiadas

Joaquim Nabuco - 1872 - 286 páginas
...« Estavas linda Ignez, posta em socego De teus ânuos colhendo doce Imito, N'aquelle engano d'alma, ledo e cego, Que a fortuna não deixa durar muito...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando, e ás hervinhas, O nome, que no peito escripto linhas. » A' tal amor corresponde o do príncipe....
Visualização integral - Acerca deste livro

Camões e Os Lusiadas: ensaio historico-critico-litterario

Francisco Evaristo Leoni - 1872 - 315 páginas
...veiu Estavas, linda Ignôs, posta em socego, De teos anãos colhendo doce fruito, 'N aquelle inganno da alma ledo e cego, Que a fortuna não deixa durar muito: Nos saudosos campos do Mondego, De teos formosos olhos nunqua inxuito, Aos montes insinando e ás hervinhas O nome que no peito escripto...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões, Volumes 5-8

Luís de Camões - 1873 - 266 páginas
...queres, aspero e tyranno, Tuas aras banhar em sangue humano. 120 Estavas, linda Ignez, posta em socego, De teus annos colhendo doce fruito, Naquelle engano...Mondego, De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando e ás hervinhas O nome, que no peito escrito tinhas. 121 Do teu Principe ali te respondiam...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusíadas: los Portugueses

Luís de Camões - 1873 - 263 páginas
...socego , De teus annos colhendo doce fruito , Naquelle engano da alma, lédo, e cego, Que a Fortuna nao deixa durar muito; Nos saudosos campos do Mondego , De teus formosos olhos nunca enxuito, Aos montes ensinando, e ás hervinhas, O nome que no peito escripto tinhas. cxxr. Do teu Principe alli te respond...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF