Pesquisa Imagens Maps Play YouTube Notícias Gmail Drive Mais »
Entrar
Livros Livros
" Quem és tu? que esse estupendo Corpo, certo, me tem maravilhado!» A boca e os olhos negros retorcendo E dando um espantoso e grande brado, Me respondeu com voz pesada e amara, Como quem da pergunta lhe... "
Obras completas do cardeal Saraiva (d. Francisco de S. Luiz) patriarcha de ... - Página 199
por Francisco de S. Luiz - 1883
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusíadas: los Portugueses

Luís de Camões - 1873 - 263 páginas
...lagrimas de dor , de mágoa pura , Abraçados , as almas soltarao Da formosa e miserrima prisao. XLIX. Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados , quando alçado Lhe disse eu: Quem es tu? que esse estupendo Corpo , certo me tem maravilhado. A boca , e os olhos negros retorcendo ,...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Lief. Vergleichung der besten Texte, mit Angabe de ...

Luis Vaz de Camoens - 1874
...prisao."" XLIX. ' • 'e; Mais ia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados, quando aleado 3 Lhe disse eu: „„Quem és tu/ que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado.'"' A boca e os olhos negros retorcendo, 6 E dando um espantoso с grande brado, Me respondeu com voz pesada...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusiadas de Luiz de Camões

Luís de Camões - 1874 - 318 páginas
...prisao."" ХЫХ. Mais ia por diaute o monstro horrendo Dizendo nossos fados, quando aleado 3 L he disse eu: „„Quem és tu> que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado.'"' A boca e os olhos negros retoreendo, 6 E dando um espantoso e grande brado, Me respondeu com voz pesada...
Visualização integral - Acerca deste livro

The Lusiads, tr. into Engl. verse by J.J. Aubertin, Volume 1

Luis Vaz de Camoens - 1878
...lagrimas de dor, de magoa pura, Abraçados as almas soltarão Da formosa e miserrima prisão." XI.IX. ' Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados, quando alçado Lhe disse eu : " Quem es tu ? que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado." A boca, e os olhos negros retorcendo, E...
Visualização integral - Acerca deste livro

Ensaio de estudos práticos de litteratura

José Silvestre Ribeiro - 1880 - 292 páginas
...pareceu sair do mar profundo: Arrepiam-se as carnes eo cabello A mi, ea todos, só de ouvil-o e vêl-o. Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos...que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado. Â bóca, e os olhos negros retorcendo, E dando hum espantoso e grande brado, Me respondeu com voz...
Visualização integral - Acerca deste livro

Os Lusíadas

Luís de Camões - 1935 - 465 páginas
[ O conteúdo desta página está restrito ]
Visualização de excertos - Acerca deste livro

Os Lusiadas, Volumes 1-2

Luís de Camões - 1881 - 140 páginas
...lagrimas de dor, de magoa pura, Abraçados, as almas soltarão Da formosa e misérrima prisão.» XLIX Mais hia por diante o monstro horrendo, Dizendo nossos...que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado!» A bocca e os olhos negros retorcendo E dando hum espantoso e grande brado, Me respondeo, com voz pezada...
Visualização integral - Acerca deste livro

Diccionario bibliographico portuguez, Volumes 13-14

Innocencio Francisco da Silva - 1885
...grandes. Canto IV. Est. 73. V. APPARICÃO no GIGANTE ADAMASTOR, NA PASSAGEM DO CABO DE B. ESPE1ARÇA. Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados, quando alçado Lhe disse eu : Quem es tu?. . . Canto V. Est. 49. YL. VÉNUS APLACA os VENTOS EA TORMENTA. Abrandar determina por amores...
Visualização integral - Acerca deste livro

Histoire de la littérature moderne, Volume 2

Marc Monnier - 1885 - 495 páginas
...teu sobejo atrevimento Por todo o largo mar e pela terra Que inda has de sobjugar com dura guerra. » Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados, quando alçado Lhe disse eu : Quem es tu ? que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado. A boca, e os olhos negros retorcendo, E...
Visualização integral - Acerca deste livro

Histoire de la littérature moderne: La réforme, de Luther a ..., Volume 2

Marc Monnier - 1885 - 495 páginas
...teu sobejo atrevimento For todo o largo mar e pela terra Que inda has de sobjugar com dura gnerra. » Mais hia por diante o monstro horrendo Dizendo nossos fados, quando alçado Lhe disse eu : Qnem es tu? que esse estupendo Corpo certo me tem maravilhado. A boca, e os olhos negros retorcendo,...
Visualização integral - Acerca deste livro




  1. A minha biblioteca
  2. Ajuda
  3. Pesquisa de livros avançada
  4. Transferir ePub
  5. Transferir PDF